Se ligue: Confira sete maneiras de preservar sua voz no Carnatal

Especialista dá dicas para evitar rouquidão e perda de voz na folia

Para preservar sua voz, os especialistas fazem algumas recomendações. Foto: Divulgação
Para preservar sua voz, os especialistas fazem algumas recomendações. Foto: Divulgação

O Carnatal está chegando e isso significa muita alegria ao som dos trios elétricos. Nos blocos, os foliões fazem coro para a trilha da folia. E com o som ao volume máximo, a comunicação também se eleva. Pra ser ouvida, muita gente grita. Resultado: rouquidão e perda de voz são bastante comuns.

Para preservar sua voz, os especialistas fazem algumas recomendações: “Os excessos ou o mal uso vocal – falar muito e muito alto, gritar e forçar a voz – podem sobrecarregar as cordas vocais, desencadeando inchaço, causando rouquidão, alteração na qualidade da voz ou perda dela por alguns dias. A corda vocal incha, perde a mobilidade e fica impedida de vibrar e produzir a voz. Por isso o ideal é não forçar tanto”, explica Dr. Pedro Cavalcanti, otorrinolaringologista.
Outras dicas também são importantes para não perder a voz, mesmo festejando em ambientes como o Carnatal onde há muito barulho:
Hidrate-se!
Beber água é importante não só para manter nosso corpo funcionando a todo o vapor durante a folia, mas também é essencial para a saúde da nossa voz. Quando as cordas vocais não estão hidratadas elas encostam uma na outra ao vibrarem para produzir a fala, e isso gera um atrito que vai prejudicar o movimento das cordas vocais e consequentemente a fala.
Converse sem esforço
Procure conversar próximo da pessoa, cantar sem elevar o volume da voz e não fazer tanto esforço para falar ou cantar. Essas são atitudes que salvam a sua voz no Carnatal.
Descanse
Caso você exagere logo no primeiro dia de festa, experimente passar o dia seguinte sem falar alto ou forçar a voz, para descansar as cordas vocais e evitar a rouquidão. Outra opção é aproveitar todas as noites de festa e guardar as manhãs e tardes para descansar, aproveitando assim todos os dias.
Cuidado com o álcool
O consumo excessivo de bebidas alcoólicas é capaz de prejudicar as suas cordas vocais, como também o seu corpo inteiro, facilitando a rouquidão e tantas outras complicações decorrentes do abuso da substância. A ingestão de álcool irá desidratar as cordas vocais, causando o atrito já citado que levará ao inchaço e a rouquidão. Assim, se for beber, atenção redobrada à hidratação.
Evite bebidas muito geladas
Pode parecer uma recomendação muito difícil para se seguir durante o calor do Carnatal, mas o choque térmico causado pela bebida gelada em contato com nosso corpo muito quente afeta diretamente as nossas cordas vocais, deixando-as irritadas.
Não resistiu e vai beber um copo d’água ou uma latinha de cerveja super gelada? Retenha os primeiros goles na boca por um tempo, para que seu corpo de acostume a temperatura baixa e não entre em choque térmico. Se o líquido descer muito gelado para as cordas vocais de hora para a outra, vai irritar a garganta.
Só comidas leves
Quando o que comemos é de difícil digestão – como carnes e alimentos apimentados ou em conserva – nosso estômago precisa fabricar uma quantidade maior de sucos gástricos para digerir completamente o alimento. Esse ácido gástrico em excesso pode alcançar as regiões mais altas do nosso sistema digestório, causando o chamado refluxo. Esse ácido gástrico pode banhar as cordas vocais, deixando-as irritadas e inchadas, desencadeando uma rouquidão.
o ideal é investir em alimentos leves, como saladas, sucos e frutas – principalmente a maçã que possui propriedades que ajudam na limpeza da boca e da faringe, melhorando a ressonância vocal e ajudando na recuperação da voz.
Use roupas mais largas
Ao vestir camisetas ou vestidos muito apertados ou com tecidos pouco maleáveis, nós corremos o risco de contrair nossa região abdominal, impedindo que a respiração seja feita corretamente. A região do pescoço também deve ficar livre, para que a laringe se movimente com mais facilidade. Ao dificultar a flexibilidade da respiração e da laringe, nós sobrecarregamos o aparelho produtor da voz, causando a rouquidão.
Compartilhar: