Confusão no Mineirão sobra até para Marcelo Adnet, alvo de agressão de torcedores

Cerca de 20 pessoas foram detidas após o término do vexame da Seleção Brasileira diante da Alemanha. Durante o jogo, oito ocorrências já haviam sido registradas

Marcelo Adnet, na delegacia do Mineirão. Foto: Divulgação
Marcelo Adnet, na delegacia do Mineirão. Foto: Divulgação

A vexatória derrota da Seleção Brasileira para a Alemanha nesta terça-feira foi acompanhada de agressões e depredações no Mineirão após o árbitro mexicano Marco Rodríguez colocar um ponto final na humilhação imposta por Müller, o agora recordista Klose & Cia. Cerca de 20 pessoas foram presas e encaminhadas à delegacia especial localizada no estádio. Um dos agredidos foi o ator e humorista Marcelo Adnet.

Adnet estava na delegacia para registrar boletim de ocorrência, mas se revoltou ao ser informado de que a espera poderia durar até quatro horas. Depois, temendo sofrer retaliações futuras do agressor, decidiu que não iria registrar queixa. O suposto agressor também estava na delegacia, a poucos metros dele. Sem querer falar com a imprensa, Adnet ainda se irritou ao ser fotografado.

O humorista estava com escoriações no braço direito, com hematoma no rosto e a roupa suja, provocados pela agressão. Um amigo do acusado tentou se justificar, disse que não sabia porque ele havia agredido Adnet e pediu que o caso fosse esquecido.

Adnet conversou com o agressor ao lado de dois policiais e, enfim, decidiu não registrar B.O.

Antes, durante o jogo, foram registradas oito ocorrências na delegacia do Mineirão, sendo cinco torcedores detidos por estelionato e três por posse de ingresso falso.

Fonte: Lancenet

Compartilhar:
    Publicidade