Contato imediato – Alex Medeiros

Cientistas do Instituto de Buscas de Inteligência Extrarrestre, conhecido mundialmente pela siga em inglês SETI, compareceram na semana passada ao…

Cientistas do Instituto de Buscas de Inteligência Extrarrestre, conhecido mundialmente pela siga em inglês SETI, compareceram na semana passada ao plenário do Congresso dos Estados Unidos para confirmar que é de 100% a possibilidade de vida alienígena.

Afirmando que um contato seria possível em menos de vinte anos, o diretor do programa e da Universidade de Berkley, Dan Werthimer, e o cientista Seth Shostak, disseram que tudo depende também dos investimentos espaciais nas próximas décadas.

A visita dos pesquisadores aos congressistas teve como outra finalidade, além do aviso oficial de que o contato está próximo, reivindicar que o governo americano faça uma revisão nos avanços científicos que realmente poderiam levar a tal descobrimento.

Há hoje, segundo os estudos do SETI, mais de 10 mil civilizações extraterrestres emitindo sinais de rádio para a nossa a galáxia, mas é preciso mais avanços tecnológicos para observar alguns milhões de sistemas estelares que permita localizar alguma delas.

Não que não tenha havido progresso na tecnologia usada pelo programa de buscas de planetas com as mesmas características da Terra. No estágio atual, um contato com vida alienígena poderá ser feito em vinte anos, mas esse tempo tem como ser resumido.

O consenso científico é que a procura de vida inteligente em outros mundos se deve concentrar naqueles planetas que orbitam a uma distância que os estudiosos batizaram de zona habitável, ou seja, uma região em que a água pode permanecer líquida.

Os cientistas calculam que na Via Láctea há 800 bilhões de estrelas. Só o telescópio espacial Kepler já descobriu mais de 1,7 mil planetas em zona habitável. De acordo com Seth Shostak, a busca não deve se concentrar apenas nas galáxias distantes.

“Também podemos encontrar vida microbiana muito perto de nós, em Marte ou numa das luas de Júpiter e Saturno, que parecem ter água na superfície ou debaixo dela”, disse o pesquisador. O ponto, afirmou ele, é investir para a ciência realizar suas buscas.

“Os métodos para encontrar vida inteligente no espaço implicam o desenvolvimento e o lançamento de naves que possam perfurar a superfície de Marte, ou uma que obtenha uma mostra dos gêiseres das luas Europa e Encélado”, disse Shostak no Congresso.

Enquanto os cientistas informam oficialmente aos políticos americanos que os ETs estão perto de fazer contato, os ufólogos em todo o mundo garantem que há mais de 10 mil casos de avistamentos de naves alienígenas e de seres espaciais aqui na Terra.

A edição da revista UFO que está nas bancas do Brasil destaca em sua capa o livro que está batendo recordes de vendas no mundo, narrando o mais famoso caso de abdução, ocorrido em 1975 com o americano Travis Walton, que ano passado esteve no Brasil.

Outras reportagens de destaque são o resgate das missões do telescópio Kepler, lançado em 2009 e praticamente desativado em 2013, e um estudo de Douglas Vakoch, diretor de composição de mensagens interestelares da NASA, ensinando a fazer contatos.

A visita dos cientistas ao Congresso americano e os temas abordados pela imprensa especializada em ufologia não são, porém, nenhuma novidade para aqueles que acompanham as palestras e escritos do canadense Paul Hellyer, ex-ministro da Defesa.

Conceituado no mundo inteiro, o engenheiro que hoje tem 90 anos, tem sido há décadas um defensor intransigente de que os ETs não só existem como andam pela Terra desde priscas eras, e que os governos teimam em fazer segredo sobre os contatos já feitos.

Uma tese de Hellyer é que OVNIs não são o grande segredo da civilização, mas a hegemonia dos banqueiros sobre as moedas do mundo, sim. Rebelde e convincente, ele diz que o governo dos EUA já trabalha em comum acordo com seres das estrelas. (AM)

Atraso

Antigamente havia um dito para definir um que encobre outro: “cagar e limpar com canjica”. É mais ou menos o que vai fazer a Semob em meio às obras de mobilidade. Vai instalar mais 100 pontos de controle do tráfego, travando mais a cidade.

Aeroportos

E Dilma Rousseff segue mentindo desde os tempos do cofre do Adhemar. Uma pesquisa destacada hoje no Bom Dia Brasil aponta que os aeroportos não estão prontos para receber turistas da Copa, ao contrário do que a petista disse há poucos dias.

São Gonçalo

Com a desativação do aeroporto Augusto Severo, acaba também o sossego do natalense nas horas de pegar um avião, quando vencia a distância em apenas alguns minutos. Agora, terá que sair de casa pelo menos três horas antes do horário do vôo.

Confronto

A governadora Rosalba Ciarlini vai ter que enfrentar o agripinismo dentro da convenção do DEM para viabilizar a candidatura à reeleição. Em tensa reunião na última sexta-feira, o senador José Agripino avisou que vai defender o apoio a Henrique Alves.

Tensão

A reunião do DEM foi em clima tenso, com comentários ásperos tanto de Agripino quanto de Carlos Augusto. A governadora chegou a chorar, mas o senador não abre um milímetro da determinação de compor na coligação com o PMDB de Henrique.

Libera a choldra

O PT deu entrada no Supremo com um pedido para que não seja considerado o cumprimento de 1/6 da pena dos presos em regime semi aberto para que possam trabalhar fora dos presídios. Se passar, serão liberados mais de 70 mil meliantes.

Invasão

Raciocine comigo, caro leitor: você faz uma reforma grande na sua casa, implanta tudo que necessita para dar conforto aos seus familiares, aí começam a chegar amigos e parentes distantes para passar temporadas duradouras. A Europa vive isso há tempos.

Turistas

Somente agora, bem distante do período de euforia do governo Dilma e da militância petista, o Ministério do Turismo revela a verdade sobre os visitantes durante a Copa das Confederações. Apenas 20 mil estrangeiros entraram no Brasil para ver os jogos.

Indústria

A governadora Rosalba Ciarlini e o secretário de desenvolvimento econômico, Silvio Torquato, inauguram às 16h dessa terça-feira as novas instalações da Beneficiadora Têxtil Santo André, operando no Centro Avançado de Macaíba, na BR 304.

Cinema

Começa na quinta-feira e vai até 2 de junho a VII Mostra do Filme Cult, promovida pelo Cineclube Natal no TCP da Fundação José Augusto e que este ano homenageia Moacy Cirne. Na estréia, às 18h30, “Glen ou Glenda”, de Ed Wood, 1953.

Censura

O jornalista Mário Magalhães publicou em seu blog e Zuenir Ventura tratou de dar audiência ao telegrama que o cantor Roberto Carlos enviou em 1985, ao presidente José Sarney, parabenizando pela censura ao filme “Je vous salue, Marie”, de Godard.

Compartilhar:
    Publicidade