CONVENÇÕES – Túlio Lemos

Final de semana marcado pelas convenções dos principais candidatos majoritários do pleito deste ano. Na sexta-feira, Henrique e Wilma lotaram…

Final de semana marcado pelas convenções dos principais candidatos majoritários do pleito deste ano. Na sexta-feira, Henrique e Wilma lotaram o ginásio Nélio Dias e deram a primeira demonstração da força da gigantesca coligação; no domingo, foi a vez da chapa de Robinson e Fátima mostrar força e competitividade a partir da convenção.

ESTRUTURA

Inegável a superioridade estrutural e de representatividade do palanque montado por Henrique. São 7 ex-governadores, deputados, prefeitos e dezenas de lideranças de todo o RN. A convenção de Robinson foi mais modesta em todos os sentidos. Ambas, animadas.

COERÊNCIA

Os políticos ainda não compreenderam que o eleitorado não muda tão rapidamente de opinião quanto eles. Para a classe política, é fácil desmentir o que disse ontem e mudar o discurso. Para quem está embaixo do palanque, as reações nem sempre são agradáveis.

MUDANÇA

O palanque do acordão é um exemplo concreto de mudança significativa de posição e opinião. Garibaldi Filho e José Agripino foram às ruas praticamente ontem dizer que Wilma de Faria havia quebrado o Estado e que Rosalba salvaria o RN. Hoje, dizem que a Rosa não vale nada e que Wilma será a melhor senadora do mundo. Eles acham que o povo acredita nesse tipo de discurso. Os babões remunerados até aplaudem, mas o povo tem verdadeiro horror a essa desfaçatez.

EX-AMIGA

O senador José Agripino estava tão deslocado no palanque do acordão, que precisou bater em Rosalba para tentar ser melhor aceito. Lastimável para uma figura da dimensão do pai de Felipe, que inventou até de dizer que iria subir num coqueiro pra pedir votos para Wilma e Henrique. Soa tão verdadeiro quanto uma nota de 3 reais.

NOVIDADE

Aliás, essa história de subir em coqueiro não é nova. Agripino já havia prometido subir em coqueiro para pedir voto para Garibaldi contra Wilma. Não deu certo. Wilma derrubou os dois do coqueiro e se elegeu e reelegeu governadora.

PRESENÇA

A presença do deputado federal Betinho Rosado na convenção de Robinson Faria tem um efeito negativo em sua candidatura e enfraquece o discurso de oposição que o candidato pretende ter. Em eleição, voto não se rejeita, mas apoio deve ser medido e pesado para não comprometer a campanha. Já falam em declaração de voto de Rosalba; se ocorrer, será um desastre para Robinson.

DESGASTE

Apesar da presença de Betinho em seu palanque, Robinson não deixou de bater na Rosa e também questionou a adesão de Henrique ao Governo e o tempo que o PMDB passou apoiando Rosalba e indicando secretários. Porém, não deixa de ser constrangedora a presença do irmão do governador de fato em um palanque que é de oposição.

Tulio_Lemos_Coluna

Compartilhar: