Cooler movido à energia solar chega promete deixar a cerveja gelada

Empresa promete destinar parte da produção ao transporte de vacinas na África caso bata sua meta de crowdfunding

O aparelho tem capacidade de refrigeração de até -10º Celsius e tem capacidade para 40 litros ou 60 latinhas. Foto:Divulgação
O aparelho tem capacidade de refrigeração de até -10º Celsius e tem capacidade para 40 litros ou 60 latinhas. Foto:Divulgação

Banhistas que querem levar a sua cerveja para a praia sempre precisam se preocupar em comprar sacos de gelo, ou no mínimo gelar suas latinhas antes. Foi pensando nesse tipo de preocupação, comum aos que fazem atividades ao ar livre, que o empreendedor Ryan Mcgann decidiu criar um cooler que gelasse as suas bebidas de forma ambientalmente correta. OSolarCooler promete ser o primeiro freezer solar portátil, e quer a sua ajuda para sair do papel.

O aparelho tem capacidade de refrigeração de até -10º Celsius, e tem capacidade para 40 litros ou 60 latinhas. Seu peso assusta um pouco, 22 kilos. Mas é compreensível quando se pensa que ele é uma mini geladeira que gera a sua própria energia. E ele tem rodinhas. A tampa abriga um painel solar, que se destaca e gira para receber a luz do dia de forma mais adequada.

Não bastasse, ele tem também uma entrada USB e uma 12v, para poder carregar seu celular, caixinhas de som portátil e tudo o mais que você para fazer aquela farofa.

O SolarCooler também pode ser usado em funções menos ‘recreativas’. Apesar de não entrar em números nem dizer como, a empresa de McGann afirma que destinará parte da verba e das unidades conseguidas para o transporte de vacinas na África.

“A maior parte do mundo não tem o luxo de ter um aparelho gerador de eletricidade ao alcance das mãos. Nós queremos prover isso aos países em desenvolvimento que com dificuldades que tem dificuldades em transportar, por exemplos, medicamentos e produtos perecíveis”, afirma o empreendedor em sua página no indiegogo.

Fonte:Estadão

Compartilhar:
    Publicidade