Copa do Mundo não interfere no atendimento no Walfredo Gurgel

Nós últimos três dias pouco mais de 500 pacientes procuraram o maior hospital do Estado, número considerado normal

Hospital-Walfredo-Gurgel-JA---(34)-

Apesar do grande número de turistas circulando na Região Metropolitana de Natal nos últimos dias, por causa dos jogos da Copa do Mundo no Brasil, o total de atendimentos médicos realizados pelo Hospital Walfredo Gurgel foi considerado normal pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Nos últimos três dias, 523 pessoas procuraram a unidade hospitalar, ou seja, uma média de 174 por dia. Destes pacientes, sete tiveram alguma relação com o evento mundial, que começou na última quinta-feira (12).

Já o Centro Integrado de Operações Conjunta da Saúde (Ciocs), que monitora os dados de ocorrência e atendimentos médicos durante o período da Copa, registrou até ontem118 casos, todos sem gravidade. Destes, cem pessoas foram atendidas somente nesta segunda-feira, que foi o dia com mais expectativa por causa do jogo entre as seleções dos Estados Unidos e Gana.

Segundo a coordenadora de Ações para a Copa, Narielly Galvão, esses atendimentos são relacionados tanto a funcionários e voluntários da Copa como turistas, que são acompanhados pelo Itamaraty e consulados de seus respectivos países. Ela disse que a maioria dos casos socorridos até ontem foi resolvido nos próprios locais de ocorrência e que as pessoas que precisaram ser encaminhadas ou removidas para hospitais passaram por consulta clínica e traumatológica.

“Como foram casos simples, os atendimentos foram feitos e as pessoas liberadas. Também não registramos superlotação das unidades médicas porque os pacientes foram atendidos em vários hospitais da cidade e um caso no Deoclécio Marques, em Parnamirim, de um turista inglês que estava em Pipa e sofreu um pequeno trauma. Graças a Deus, está tudo tranquilo e não aconteceu nada de grave, o que esperamos que siga até o fim dos jogos em Natal”, explicou.

Segundo a diretora de Enfermagem do Walfredo Gurgel, Ilana Lopes, os turistas estrangeiros atendidos necessitaram de atendimentos simples, como luxação de punho, mal-estar, quedas e fraturas em membros inferiores e que, após terem sido atendidos pela equipe do hospital, receberam alta e retornaram para os hotéis onde estavam hospedados.

“Felizmente, não foi nenhuma ocorrência de alta gravidade e o número de pessoas que procuraram a unidade não interferiu no total de atendimentos realizados nos últimos dias. Foi tudo tranquilo, por isso, acreditamos que os próximos dias serão também calmos, com uma média diária normal de pessoas socorridas aqui”, afirmou.

Equipe preparada para alta gravidade

Ilana Lopes explicou que o Walfredo Gurgel está atuando nestes dias de Copa do Mundo de acordo com o plano de contingência montado pela Sesap e com equipes preparadas para atendimentos de múltiplas vítimas e também de pacientes que se enquadrem no grupo QBRNE (químicos, biológicos, radioativos, nucleares e explosivos).

“Nossas equipes foram treinadas e estão capacitadas para esses tipos de atendimentos, que esperamos que não sejam necessários. Também suspendemos as férias durante o período dos jogos, para que o quadro de funcionários esteja completo em caso de alguma eventual necessidade, mas estamos esperançosos que os jogos aqui em Natal se encerrem de forma tranquila e sem incidentes maiores, com vem sendo até hoje”, afirmou.

Compartilhar:
    Publicidade