Copa São Paulo de Futebol Júnior começa hoje com 104 equipes

Três grandes clubes formadores de jogadores do Brasil entram em campo

São diversos os exemplos de atletas que surgiram a partir da Copinha, se destacaram em seus próprios clubes. Foto: Divulgação
São diversos os exemplos de atletas que surgiram a partir da Copinha, se destacaram em seus próprios clubes. Foto: Divulgação

Começa hoje a Copa São Paulo de Futebol Júnior com a presença confirmada de 104 equipes participantes. O primeiro dia terá seis jogos, entre eles as estreias de Flamengo, Vasco da Gama e do São Paulo. A atual edição da Copinha terá 26 sedes. A final do torneio acontece no dia 25 de janeiro, data de aniversário da capital paulista, no estádio Pacaembu. América e Alecrim, representantes potiguares, estreiam no p´roximo domingo enfrentando o Coritiba e Santos, respectivamente.

Três grandes clubes formadores de jogadores do Brasil entram em campo. Dono de dois títulos, o Flamengo estreia contra o Santo André, às 16h (de Brasília), no estádio Alfredo Castilho, em Bauru, pelo Grupo I. Depois, às 18h, o Vasco encara o Audax (SP), em Suzano, pelo Grupo T. Pelo Grupo W, o São Paulo estreia diante do time japonês Kashiwa Reysol. Principal torneio sub-20 do país, a Copinha é utilizado com diversos objetivos: além da luta para ser o melhor clube júnior do Brasil, as equipes tentam revelar jogadores para utilizá-los em seus grupos profissionais ou até mesmo negociá-los.

São diversos os exemplos de atletas que surgiram a partir da Copinha, se destacaram em seus próprios clubes ou acabaram negociados até mesmo com times do Exterior. O lateral-direito pentacampeão mundial Cafu, Rogério Ceni, Lucas e Kaká disputaram o torneio com a camisa do São Paulo, Raí pelo Botafogo de Ribeirão Preto, Casagrande jogou pelo Corinthians, Dener pela Portuguesa, Djalminha pelo Flamengo, Toninho Cerezo pelo Atlético-MG, Falcão no Internacional, Dida pelo Vitória, Robinho e Neymar pelo Santos, entre tantos outros.

Compartilhar:
    Publicidade