COPA – Túlio Lemos

A Copa do Mundo acabou um pouco mais cedo para o Brasil, humilhado e desmoralizado no planeta. Os que tentaram…

A Copa do Mundo acabou um pouco mais cedo para o Brasil, humilhado e desmoralizado no planeta. Os que tentaram tirar dividendos políticos com o evento, silenciaram com medo da vinculação negativa que a derrota poderá trazer. Ou seja: quem usou a Copa, como a presidente Dilma, teme desgaste e perda de votos por causa do resultado desastroso.

ELEIÇÃO

A atmosfera eleitoral indica revolta dos brasileiros com o que ocorreu na Copa. No momento, essa revolta aponta direcionamento negativo para a presidente Dilma. Porém, como a eleição está longe, haverá tempo de ‘esquecer’ o desastre no futebol. Nesse caso, Dilma não será tão prejudicada como alguns pensam. A possibilidade de reeleição da presidente não está descartada. Aliás, ela continua favorita na sucessão presidencial.

MÚSICA

A música da campanha de Henrique prega o voto casado na chapa com Wilma de Faria. Fala em ‘bem casado’ e pede ao eleitor que vote nos dois. A estratégia é usar a força eleitoral de Wilma para alavancar a candidatura de Henrique. Mas nem as lideranças estão respeitando o voto casado. O prefeito de Jardim do Seridó, Padre Jocimar, vai apoiar a candidatura de Fátima para o Senado e Henrique para o Governo.

BARCAS

A discussão sobre a construção de uma nova ponte sobre o Rio Potengi, diminuindo a distância para a Zona Norte, não parece ser alvo de compromisso do deputado Henrique Alves. Em seu plano de Governo, ele anuncia a implantação de “barcas modernas” que sairiam do Baldo, entre a Cidade Alta e o Alecrim, e iriam para a Zona Norte.

MÁQUINA

Sherloquinho afirma que um ex-secretário de Carlos Eduardo estaria usando a máquina da Prefeitura para fins eleitorais. Se estiver realmente ocorrendo, é sem autorização do prefeito Carlos Eduardo, cujo estilo não permite o uso da máquina em campanha eleitoral. Aliás, nem o pai do prefeito é beneficiado pela máquina municipal.

OMISSÃO

O deputado Henrique Alves declarou à Justiça Eleitoral, seu vínculo empresarial com a Inter TV Cabugi, com o jornal Tribuna do Norte e com várias rádios em Natal e no interior. O primeiro suplente de Wilma de Faria, empresário Flávio Azevedo, não declarou ao TRE que é sócio proprietário do Portal No Ar e também omitiu seu vínculo com o Novo Jornal.

GADO

O deputado federal Betinho Rosado declarou que possui 300 cabeças de gado, que valem 30 mil reais. O irmão de Carlos Augusto também informou oficialmente que dispõe de 1 milhão e 250 mil reais como “saldo de economias”. Que economias!.

CASTIGO

O leitor Gustavo Silva manda e-mail: “Prezado Túlio, após o desastre da nossa seleção e diante de tantas análises e explicações técnicas, ofereço uma modesta contribuição para compreensão do vexame: CASTIGO DOS DEUSES, por trocar a solução dos nossos graves problemas por bilhões em obras faraônicas. Torçamos para que, em outubro o povo também aplique uma goleada nas urnas”.

DINHEIRO

O deputado Felipe Maia não tem do que reclamar dos governos do PT. Afinal, durante os dois mandatos de Lula e um de Dilma, o filho de Agripino conseguiu multiplicar dinheiro e aumentar seu patrimônio. É um dos poucos políticos que dispõe de 12 milhões de reais para saque imediato, além de ter em casa, a quantia de 500 mil reais em espécie.

Compartilhar: