Corinthians põe CT e toda sua equipe médica à disposição de Spider

“Ele tem e terá toda a nossa retaguarda, inclusive quanto ao tratamento fisioterápico”

Anderson Silva sofreu fraturas na tíbia e na fíbula durante a luta contra Chris Weidman. Foto:Divulgação
Anderson Silva sofreu fraturas na tíbia e na fíbula durante a luta contra Chris Weidman. Foto:Divulgação

O Corinthians já entrou em contato com Anderson Silva para oferecer ao ex-campeão mundial dos pesos médios do UFC seu centro de reabilitação no Parque Ecológico do Tietê. “Ele tem e terá toda a nossa retaguarda, inclusive quanto ao tratamento fisioterápico”, explica Fausto Bittar, diretor de Esportes Terrestres do clube.

“Ficará a critério do Anderson, mas toda a equipe médica coordenada pelo doutor Joaquim Grava e fisioterápica liderada pelo Bruno Mazziotti, assim como o nosso CT, estão de portas abertas”, acrescenta Fausto.

Anderson Silva sofreu fraturas na tíbia e fíbula da perna esquerda na madrugada deste domingo, em luta contra Chris Weidman, depois de tentar um chute. Na mesma hora, a luta foi interrompida e acabou o sonho de reconquistar o cinturão.

Spider, como também é conhecido, tem contrato com o Corinthians até novembro de 2014. Pelo vínculo, está recebendo R$ 450 mil. “Anderson é nosso atleta e o Corinthians está acompanhando toda a evolução de seu estado desde o fim da luta”, assegura o dirigente.

O ex-presidente corintiano Andrés Sanchez, inclusive, estava em Los Angeles assistindo à luta. Anderson entrou no ginásio vestindo uniforme do Corinthians e lutou com um short com o distintivo do clube.

O tempo de recuperação das fraturas varia entre três e seis meses. Até por isso, já existe no Parque São Jorge a ideia de prorrogar o contrato com Anderson por mais uma temporada. “A lesão foi ontem, a operação na última madrugada… Ou seja, é tudo muito recente. Deixa ele descansar, se reestabelecer, aí vemos com ele”, finaliza.

Fonte:IG

Compartilhar: