Corpo de Bombeiros do RN comemora 96 anos durante solenidade nesta sexta-feira

Corporação aguarda a autorização oficial para publicação dos editais que definirão os concursos públicos e seleções internas

Governadora Rosalba Ciarlini irá autorizar a publicação dos editais que definirão os concursos públicos e seleções internas para a corporação. Foto:Divulgação
Governadora Rosalba Ciarlini irá autorizar a publicação dos editais que definirão os concursos públicos e seleções internas para a corporação. Foto:Divulgação

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) realiza nesta sexta-feira (27) uma solenidade alusiva aos 96 anos de atividade no Estado. Durante a cerimônia será realizada a inauguração do novo prédio do Comando Geral da Corporação, da ampliação do Centro de Gerenciamento de Emergência e Defesa Civil (CEGEDC) que passa a atuar de forma integrada com o Samu 192/RN, além da entrega de dezenas de equipamentos e viaturas para o reforço do serviço operacional da instituição. O momento mais aguardado pela corporação será a assinatura de um processo, em que a Governadora Rosalba Ciarlini irá autorizar a publicação dos editais que definirão os concursos públicos e seleções internas para a corporação.

No dia 19 deste mês, a Governadora Rosalba Ciarlini já anunciou, durante a solenidade de inauguração do Quartel do Corpo de Bombeiros em Caicó, sua intenção pela realização imediata de concursos para ampliação do efetivo do Corpo de Bombeiros e seleções internas para corrigir distorções antigas do órgão, onde soldados e cabos da corporação aguardam há anos por uma promoção.

De acordo com o Comandante Geral, comemorar 96 anos de existência é um marco significativo na vida de uma instituição e representa a consolidação de sua presença no seio da sociedade a qual serve. “É um momento para que todos reflitam sobre a nossa importância e sobre as necessidades do nosso fortalecimento enquanto corporação, que atua nas urgências e emergências. Reconhecemos que estamos passando por um período de muitas dificuldades, em função da crise financeira vivenciada pelo Estado, mas não perdemos as esperanças, vamos dar a volta por cima e o Corpo de Bombeiros terá o reconhecimento que lhe é digno”, destacou o Comandante Geral.

O Corpo de Bombeiros Militar do RN foi criado na segunda década do século XX, através da Lei nº 424, de 29 de novembro de 1917, o órgão pertencia na época do seu surgimento ao Esquadrão de Cavalaria, responsável pelo policiamento noturno das ruas da capital. Atualmente, a corporação possui 650 militares quando deveria possuir 4.500, segundo recomendações da Liga Nacional dos Bombeiros (Ligabom).

Fonte:Assessoria

Compartilhar: