Corrimento: saiba identificar quando ele indica alguma doença no corpo

Aquela secreção que aparece na calcinha pode sinalizar encrencas sérias. Conheça os problemas por trás disso e aprenda a diagnosticá-los.

76867856yu45y73

É normal, notar na calcinha, durante alguns dias, um líquido de coloração esbranquiçada ou transparente. Tudo bem. Trata-se de uma umidade natural, que pode estar relacionada a diversos mecanismos do aparelho genital feminino. “Durante a ovulação e no período pós-ovulatório, há uma produção aumentada dessa secreção”, explica o ginecologista Claudio Bonduki, professor da Universidade Federal de São Paulo. Outros fatores são a descamação da parede vaginal e também a transudação – uma espécie de suor da mucosa da vagina.

No entanto, embora tudo isso esteja de acordo com as leis da natureza, é necessário prestar atenção quando há mudanças no aspecto. “Se sentir mau cheiro, coceira ou ardor ao urinar, e notar que a secreção está contínua, procure um médico”, orienta o ginecologista Paulo César Giraldo, professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), no interior paulista. Esses podem ser sinais de problemas graves. Conheça alguns deles a seguir:

Vaginose bacteriana

Como é o corrimento: líquido, de coloração branca ou cinza e com odor forte, semelhante ao de peixe estragado.

O que é: uma proliferação de bactérias anaeróbicas, isto é, que se desenvolvem na ausência de oxigênio. Está ligada a fatores que interferem na flora vaginal, como o uso de antibióticos e o estresse.

Candidíase

Como é o corrimento: não apresenta odor. É espesso (com aparência leitosa), de cor branca e costuma vir acompanhado de coceira e ardor.

O que é: infecção causada pelo fungo Candida albicans. É provocada por um desequilíbrio da flora vaginal, que pode ter entre as suas causas o uso prolongado de medicamentos como pílula anticoncepcional, antibiótico e corticoide. Roupas apertadas e quentes, que dificultam a transpiração da região íntima, também abrem portas para que a candidíase se instale.

Tricomoníase

Como é o corrimento: de aspecto espumado, sua cor é amarelo-esverdeada, tem mau cheiro e tende a provocar ardor ao urinar

O que é: uma infestação pelo protozoário Trichomonas vaginalis – é uma doença sexualmente transmissível.

Gonorreia

Como é o corrimento: é comum que não haja sintomas, mas um líquido amarelado e com pus pode aparecer em alguns casos.

O que é: doença infectocontagiosa, causada pela bactéria Neisseria gonorrheae. Também é transmitida pela relação sexual.

Tratamentos

No caso da vaginose bacteriana, da tricomoníase e da gonorreia, é comum que o médico prescreva antibióticos. Já em relação à candidíase, a terapia é feita à base de antifúngicos em forma de creme ou comprimido.

 

Fonte: Site M de Mulher

Compartilhar:
    Publicidade