Criança de 4 anos leva tiro em Natal porque o pai estava usando uma camisa vermelha

Camisa vermelha teria sido o motivo da confusão

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Relatos que chegam através de um médico pediatra que está de plantão na noite deste domingo no Hospital Walfredo Gurgel, mostram a que ponto chegam os marginais que se infiltram como torcedores nas torcidas organizadas dos clubes de futebol de Natal.

O pai estava com seu filho de 4 anos na Avenida 10, no bairro do Alecrim, quando foi surpreendido por um grupo que o questionou se o mesmo fazia parte da torcida do América, chamada de Máfia Vermelha.

Segundo o pai da criança atingida, a pergunta foi porque o mesmo estava de camisas vermelha, e mesmo tendo respondido que não fazia parte de torcida alguma, foi surpreendido com tiros em sua direção.

A criança foi atingida na perna e teve fratura exposta da tíbia.

 

Compartilhar: