Crianças do Bom Pastor protagonizam eventos musicais e artísticos

Iniciativa da ong atitude cooperação assiste cerca de 120 estudantes

Foto: José Aldenir
Foto: José Aldenir

Alessandra Bernardo

alessabsl@gmail.com

 

Em comemoração ao Dia da Esperança, celebrado neste sábado (16), mais de 120 crianças e adolescentes do bairro do Bom Pastor e integrantes do projeto “Tocando a Vida com D’Amore” participaram hoje de uma programação especial com muita música, atividades de teatro e exposição fotográfica, desenvolvido pela organização não-governamental Atitude Cooperação. Eles apresentaram tudo o que aprenderam durante o último semestre e assistiram aulas musicais com professores internacionais de música clássica, que compareceram ao evento.

Segundo a vice-presidente da Atitude Cooperação, Edailna Melo, todos os 121 alunos da ONG estão envolvidos nas apresentações de hoje e o objetivo foi apresentar à comunidade natalense os trabalhos sociais desenvolvidos com as crianças do bairro, um dos mais carentes e violentos da cidade. Ela disse também que a ONG comemora ainda a seleção do projeto pelo Criança Esperança, realizado pela rede Globo e Unesco.

“Começamos em 2006, promovendo programas voltados para a prática de esportes como vôlei, judô, futsal, tênis, xadrez e futebol e hoje, expandimos nossas ações de melhoria da qualidade de vida também para o ensino de música clássica e aulas de teatro, beneficiando centenas de crianças e adolescentes do Bom Pastor. O nosso foco de hoje é a música, que conta com 121 alunos de violino e violoncelo e ainda uma fila de espera de cerca de 20 crianças”, explicou.

Uma dessas beneficiadas é a universitária Maria Joyce, de 18 anos, que começou na Atitude Cooperação em 2007, quando entrou para a turma de vôlei e em 2011, se tornou violinista da orquestra mirim. Feliz, ela revela que conseguiu, recentemente, aprovação na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde cursa desde a semana passada Gestão em Políticas Públicas e deve começar também o curso de Música.

“Além de aprender a usar o instrumento musical, também encontrei incentivos, amigos, companheirismo e uma oportunidade de trabalho muito importante para a minha vida, dentro da ONG, ajudando na parte de mídias eletrônicas. Depois que entrei aqui, minha vida foi transformada para melhor e só consegui coisas boas. Sou muito feliz por participar da Atitude Cooperação”, afirmou, sorrindo.

Doação de livros, revistas e jornais

Edailna Melo disse ainda que a ong está montando a biblioteca na nova sede da entidade, localizada na Avenida Capitão Mor-Gouveia, no bairro do Bom Pastor e que, quem puder contribuir com livros de literatura, jornais e revistas, pode entrar em contato com a direção da entidade pelo número 3220-6357 ou ainda pelo e-mail contato@atitudecooperacao.org.br.

“Toda colaboração é muito bem-vinda, para que possamos continuar a desenvolver o nosso trabalho junto com as nossas crianças e adolescentes. O material doado será usado na biblioteca que estamos montando aqui na sede e também para a realização do projeto ‘Livro sem Fronteiras’, que realizamos na estação de trem do Bom Pastor e na da Ribeira. Nestes pontos, os passageiros podem pegar emprestado um livro para ler durante a viagem. De todos os empréstimos, temo um retorno de 93% dos livros, o que mostra também que nossas ações ajudam na educação das pessoas”, enfatizou Edailna.

Compartilhar: