Crianças carentes de Mãe Luiza são beneficiadas com doações de óculos

Ação social foi promovida pelo Lions Clube Internacional Reis Magos

Entrega foi realizada na manhã desta terça-feira (22) a alunos da Escola Municipal Antônio Campos, com idade entre 6 e 11 anos. Foto: Wellington Rocha
Entrega foi realizada na manhã desta terça-feira (22) a alunos da Escola Municipal Antônio Campos, com idade entre 6 e 11 anos. Foto: Wellington Rocha

O Lions Clube Internacional Reis Magos promoveu na manhã desta terça-feira (22), na Escola Municipal Antônio Campos, no bairro de Mãe Luiza, na zona Leste de Natal, a entrega de óculos para crianças da comunidade que necessitam de correções na visão, mas que não dispõem de condições financeiras necessárias para a compra do produto.

A ação faz parte de um conjunto de iniciativas promovidas pelo Lions Clube Internacional Reis Magos no bairro. Segundo José Pegado do Nascimento, presidente da instituição, o principal objetivo é apoiar os moradores locais. “Sabendo das deficiências existentes em Mãe Luiza, o Lions Clube Reis Magos traz esse projeto, que pretende fazer com que as famílias que tenham crianças, de 6 a 11 anos, sejam atendidas por profissionais da visão, pois muitas vezes a criança tem problemas e a família não sabe ou não tem condições financeiras de encaminhar a um oftalmologista” afirmou.

O projeto tem a colaboração do Instituto Oftalmológico Marcos Rey e da Ótica Amafra e faz um diagnóstico de crianças que tem necessidades através de exames oftalmológicos. Depois desta etapa é feito um levantamento preliminar das crianças com necessidades e, posteriormente, elas são encaminhadas para o Instituto, que dá assistência e faz os exames complementares, visando a preparação dos óculos a serem doados.

José Pegado explica que a triagem é feita a partir das carências apresentadas. “Fazemos um exame prévio e damos encaminhamento às crianças que demonstraram ter algum problema. Também detectamos os carentes que necessitam de óculos e também outras que carecem de tratamento específico. Nosso trabalho é voltado para aquele que precisa, independente de classe social, religião e questões políticas. Quem entra no Lions sabe que o objetivo é servir”.

Ainda segundo o presidente do Lions Clube Reis Magos, a expectativa é o projeto seja permanente. “Temos consciência da necessidade existente em Mãe Luiza” frisou José Pegado.

A instituição desenvolve no bairro outros dois programas sociais, com atendimento odontológico e doaçãode livros às unidades escolares da comunidade.

A dona de casa Maria de Lurdes, de 39 anos, conta que a iniciativa veio para sanar as necessidades da sua filha, Luana Matias, de 9 anos. “Minha filha tem problemas para enxergar e isso é um risco para ela, mas eu não tenho condições porque o custo dos óculos é alto. O problema da Luana é sua dificuldade de enxergar o que está escrito no quadro e com o projeto, hoje ela vê a solução”.

Já Flávio da Silva, auxiliar de cozinha e pai do pequeno Gustavo Nascimento, explica que seu filho sempre teve problemas na visão, mas que por falta de condições financeiras, não tinha buscado um especialista. “Nós já sabíamos que ele tinha um problema nos olhos, mas não sabíamos a causa. Com a ajuda do Lions, o meu filho teve encaminhamento para um especialista”.

Compartilhar: