Crise técnica

No futebol é tudo muito rápido. Bastou uma semana para o América entrar numa crise técnica impressionante. O time que…

No futebol é tudo muito rápido. Bastou uma semana para o América entrar numa crise técnica impressionante. O time que iniciou a Copa do Nordeste com gosto de gás, jogando bem e empolgando o torcedor, viu o mundo virar de cabeça pra baixo em poucos dias. Limitações técnicas, erro de planejamento, suspensões e lesões deixaram o América na estaca zero, que de favorito ao título do Nordestão, passou a ser visto com desconfiança pela torcida. Aos poucos, a diretoria começa a agir. Contratou o bom goleiro Fernando Henrique e na semana que vem deve anunciar um atacante de velocidade e o tão aguardado lateral-esquerdo. Raí teve todas as chances do mundo, mas o seu futebol não evoluiu. Na meia, a aposta passa a ser Artur Maia. O grande teste do novo camisa 10 será no clássico-rei. O tão badalado Rubinho mostrou que não passa de um jogador regular e vai para o banco.

 

Treino secreto x desconforto muscular

Treino secreto dá prejuízo ao clube e irrita o torcedor. Como ficam os anunciantes e patrocinadores que gastam dinheiro para ver suas marcas estampadas nos jornais, sites e televisões. E a informação ao torcedor como fica? Treino secreto é a mesma invencionice do tal do desconforto muscular. Antigamente, os jogadores precisavam trabalhar para se sustentar e ninguém se queixava de cansaço, e ainda jogavam muito mais bola do que os atletas de hoje.

Hino Norte-rio-grandense

O projeto Tom Maior da FNF volta com tudo neste final de semana. Para domingo na Arena das Dunas, no clássico América x ABC, a apresentação do hino nacional será feita pela Big Band, do Sistema Fiern. Na minha modesta opinião, o hino do Rio Grande do Norte também deve ser executado. A federação poderia repensar sobre o assunto ou então algum deputado criar a lei, tornando obrigatório. Vários estados já executam os seus hinos, uma prática que alimenta a identidade cultural.

Dida bailou

Com a contratação de Fernando Henrique, Dida se torna o quarto goleiro do América. Exceto se Rafael Roballo for dispensado. A falha na derrota para o Globo pode custar caro, mas quem deve pagar o pato é o pobre do Dida, que merecia uma oportunidade no clássico, quem sabe Leandro Sena muda de ideia.

Troca-troca

Após terem feito a negociação envolvendo o atacante Pato e o meia Jadson, os dirigentes de Corinthians e São Paulo estão pertos de fazer mais um “troca-troca”. Desta vez, o alvinegro cederia o meia Renato Augusto, enquanto, o Tricolor repassaria o atacante Osvaldo e o volante Denilson.

Arbitragem de fora

A diretoria do América pediu árbitro Fifa para o clássico-rei e a CBF enviou o aspirante Guilherme Ceretta de Lima, da Federação Paulista. Deste jeito, nunca conseguiremos melhorar o nível de nossa arbitrgem. Ítalo Medeiros e Suelson Diogenes possuem totais condições de apitar. Ainda bem que os assistentes serão Isac Márcio da Silva Oliveira e Flávio Gomes Barroca, ambos da FNF. O quarto árbitro será o potiguar Leandro Saraiva Dantas de oliveira.

Clássico da paz

O vice-presidente administrativo, financeiro e de relações do ABC, Rogério Marinho, e o presidente do América, Gustavo Carvalho, promoveram na manhã deste sábado uma coletiva de imprensa para selar a paz entre as torcidas. O torcedor do bem tá na boa, o problema é combinar isso com os marginais.

Judô

A Federação de Judô do Estado do Rio Grande do Norte promove amanhã (22) e no domingo (23) o Credenciamento Técnico da entidade para a temporada 2014. O evento acontece no auditório da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer e está programado para iniciar às 14h. A abertura oficial será realizada pelo presidente da FJERN, Tibério Maribondo. Em seguida haverá a palestra do professor Francisco Borges, do Conselho Regional de Educação Física (CREF).

Compartilhar: