CRISE – Túlio Lemos

A crise envolvendo o PDT do prefeito Carlos Eduardo e a cúpula do acordão poderá ter um desfecho sem grandes…

A crise envolvendo o PDT do prefeito Carlos Eduardo e a cúpula do acordão poderá ter um desfecho sem grandes problemas. A insatisfação é clara por parte dos liderados e do próprio Carlos Eduardo, mas dificilmente caminhará para um rompimento.

DOBRADINHA

O grupo de Carlos Eduardo está insatisfeito também por ter tomado conhecimento de uma dobradinha entre a deputada Márcia Maia e o ex-deputado Rogério Marinho. Com isso, ficam prejudicadas as candidaturas de Agnelo Alves e Sávio Hackadt, ambos apoiados pelo prefeito Carlos Eduardo.

REUNIÃO

Ainda na noite deste domingo, os comandantes do acordão se reuniram para tentar abrandar as labaredas originadas da insatisfação do prefeito Carlos Eduardo.

EMBASAMENTO

A entrevista do deputado Hermano Morais neste final de semana ao JH, revela a tendência do PMDBista de relatar pela admissibilidade do pedido de impeachment da governadora Rosalba Ciarlini. Hermano sabe que a CCJ não discute o mérito das questões, mas o amparo jurídico e a legitimidade do pedido. Nesse caso, o pedido deve passar na CCJ; quanto ao plenário, é outra história.

LÍNGUA

O deputado Henrique Alves tentou ser agradável aos evangélicos e cometeu pelo menos duas gafes. A primeira, quando disse que sua irmã, Ana Catarina, não devia ter lido a Bíblia; a leitura a fez evangélica. A outra, narrada pelo próprio Henrique, ele diz que resolveu um problema para Ana Catarina e esta agradeceu a Jesus; Henrique diz que ela deveria agradecer a ele.

TRÂNSITO

A coluna recebeu e-mail do leitor Adauto Galvão: “Túlio Lemos, o sinal de trânsito que fica no inicio do prolongamento da Prudente, tá funcionando da seguinte forma: pela manhã, quem vem do satélite para candelária, tem um tempo de 1min e 30 segundo, no horário da tarde o mesmo percurso o tempo do sinal é de apenas 35 segundos, daí o grande engarrafamento que está ocorrendo no local, todas as tardes”.

VICE

A vereadora Eleika Bezerra poderá ser candidata a vice na chapa de Robinson Faria. A professora, que tem se destacado no desempenho do mandato, não tem voto para agregar, mas é um nome limpo e qualificado.

DISPUTA

O presidente da Câmara Municipal de Natal, Albert Dickson, do PROS, responde a processo por abuso de poder e pode ficar inelegível. Contudo, se engana quem pensa que a ação assinada pela Procuradoria Regional Eleitoral trata da distribuição gratuita de óculos por parte do parlamentar, com a intenção supostamente de comprar votos. Na verdade, o processo fala sobre uma coluna da Câmara impressa junto a um jornalzinho de circulação interna na igreja Assembleia de Deus.

DISPUTA II

O “boato” de que a ação trataria sobre a distribuição gratuita de óculos em troca de votos teria sido “espalhado” por um dos adversários de Albert Dickson dentro da igreja: o deputado estadual Antônio Jácome, do PMN. Pré-candidato a Assembleia Legislativa, Albert deverá concorrer dentro do segmento evangélico com o filho de Antônio, Jacó Jácome.

REELEIÇÃO

O pré-candidato Henrique Eduardo Alves tem afirmado que, se ganhar, terá apenas um mandato no Governo do Estado. A afirmação, no entanto, parece que é mais uma estratégia de campanha, para atrair apoios como o de Carlos Eduardo (que quer disputar o Governo em 2018), do que algo real. Afinal de contas: como alguém com 11 mandatos consecutivos na Câmara Federal pode dizer que não apóia a reeleição?

Acidente

Lamentável o acidente com o procurador geral do Estado, Miguel Josino. Figura bem relaciona no mundo jurídico, Josino é querido por todos. A notícia do acidente chocou. Que Deus permita uma reversão de seu quadro, considerado gravíssimo.

Compartilhar:
    Publicidade