Criticada por filme pornô, estudante comete suicídio nos EUA

Alyssa Funke foi criticada por ex-colegas da escola, ao ser identificada como a estrela de um filme adulto amador; jovem foi chamada de prostituta devido ao vídeo

757266

Uma estudante de 19 anos cometeu suicídio, em Wisconsin, nos EUA, após estrelar um filme pornô amador com um desconhecido. A vítima teria sido perseguida por ex-colegas de classe que encontraram o vídeo na internet e criticaram sua participação. As informações são do Daily Mail.

Segundo a publicação, Alyssa Funke, que sonhava em ser anestesista, atirou na própria cabeça, depois de ser criticada nas redes sociais. Algumas pessoas chegaram a chamá-la de prostituta devido ao vídeo divulgado.

g-map-us-copy8

O filme adulto foi gravado durante uma viagem da jovem até Las Vegas, onde conheceu um ator amador, que lhe fez o convite. O vídeo foi publicado no site CastingCouch-X e Alyssa assumiu o nome “Stella Ann” para não ser reconhecida.

No entanto, ex-colegas de escola localizaram o vídeo e começaram a divulgar o nome verdadeiro da atriz amadora, além de encher de mensagens grosseiras a sua página no Facebook. Sem aguentar as ações de bullying, a jovem decidiu tirar a própria vida.

 

 

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade