Cruzeiro tenta reverter desvantagem para ir à semifinal da Libertadores

Clube precisa derrotar o San Lorenzo no Mineirão por no mínimo dois gols de diferença

Time do técnico Marcelo Oliveira enfrenta argentinos. Foto: Divulgação
Time do técnico Marcelo Oliveira enfrenta argentinos. Foto: Divulgação

Em desvantagem no confronto diante do San Lorenzo, o Cruzeiro entra em campo nesta quarta-feira em busca de uma vaga nas semifinais da Copa Libertadores. A partir das 22 horas, no Mineirão, o time mineiro tenta se manter vivo na luta pelo seu terceiro título continental, além de evitar o fim precoce da participação brasileira no torneio.

Hegemônico na Libertadores nos últimos anos, tanto que foi campeão das últimas quatro edições e com clubes diferentes, o futebol brasileiro vive situação bem diferente em 2014, com apenas um time nas quartas de final: o Cruzeiro. Desde 1991, o Brasil não fica fora das semifinais da competição.

Para evitar um vexame nacional, o Cruzeiro precisa de uma vitória por ao menos dois gols de diferença para se garantir nas semifinais da Libertadores, pois perdeu por 1 a 0 na Argentina, na semana passada, para o San Lorenzo – um triunfo por 1 a 0 leva a definição do confronto para a disputa de pênaltis.

Assim, o Cruzeiro terá que ser bastante ofensivo no duelo com o San Lorenzo. Preocupado com a disputa da vaga nas semifinais da Libertadores, o técnico Marcelo Oliveira já poupou os titulares, exceto o goleiro Fábio, na derrota por 2 a 1 no clássico com o Atlético-MG, no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

Diante do San Lorenzo, o Cruzeiro terá o retorno do zagueiro Bruno Rodrigo, que cumpriu suspensão automática na Argentina. Marcelo Oliveira cogita realizar mudanças no ataque, mas evitou confirmar o time e, inclusive, fechou o último treino antes do duelo desta quarta-feira. Assim, o treinador não deu pistas da escalação, mas não será surpresa se Dagoberto e Marcelo Moreno ganharem uma oportunidade no duelo decisivo.

Já o San Lorenzo não deverá ter novidades na sua formação para o jogo com o Cruzeiro. Assim como o adversário desta quarta-feira, a equipe argentina atuou com os reservas no último fim de semana e perdeu por 3 a 0 para o Estudiantes pelo Campeonato Argentino. Agora, os titulares estão de volta e tentarão manter a vantagem obtida em casa.

Com a repetição da mesma formação das ultimas partidas, o técnico Edgardo Bauza tentará transformar, de vez, o San Lorenzo em algoz dos clubes brasileiros nesta edição da Libertadores, após eliminar o Botafogo, na fase de grupos, e o Grêmio, nas oitavas de final.

Fonte: Estadão

 

Compartilhar:
    Publicidade