Damião atinge 499min sem gols e deve deixar de ser intocável

O primeiro gol pelo clube saiu quando findou, justamente, outro jejum, de 595 minutos.

Damião teve nova atuação ruim contra o modesto Princesa-AM. Foto: Divulgação
Damião teve nova atuação ruim contra o modesto Princesa-AM. Foto: Divulgação

Oswaldo de Oliveira tinha uma visão: recuperar os seus dois principais reforços na temporada. Se o desempenho de Lucas Lima, que ganhou a primeira grande chance como titular no clube, foi tímido na vitória por 2 a 1 diante do modesto Princesa do Solimões-AM, o do centroavante Leandro Damião serviu para aumentar ainda mais a pressão sobre o camisa 9. A contratação mais cara do futebol brasileiro passou em branco pelo sexto jogo seguido e está próximo de superar o maior jejum da carreira.

Com a nova noite sem gols, Damião chegou a 499 minutos. O primeiro gol pelo clube saiu quando findou, justamente, outro jejum, de 595 minutos.

A noite, no entanto, parecia ser promissora. Damião perdeu boa chance logo com 1 minuto de jogo, enquanto Gabriel e Alan Santos marcaram em dez minutos os gols que já davam a classificação e fariam o adversário ceder mais espaços.

Não foi assim. Procurado, quase sempre, nas tentativas falhas de cruzamentos, isolou duas boas oportunidades que teve já no segundo tempo, aos 5 e 21min, respectivamente. Parecia já não ter mais confiança.

O centroavante, que tem sido muito questionado pela pouca produtividade, agora vê a real possibilidade de ir para o banco de reservas, condição não descartada pelo treinador santista após as duas últimas partidas.

Damião encara o peso de ser o reforço mais caro da história do futebol brasileiro, custou cerca de R$ 42 milhões ao Santos em compra financiada pela Doyen Sports, grupo maltês representado no País pelo empresário Renato Duprat. Desde a chegada, marcou só cinco vezes em 17 jogos e passou a ser mais criticado, principalmente, pelas atuações ruins nas finais do Estadual.

A baixa vem, justamente, um dia após a confirmação oficial da ausência na lista dos 23 convocados para a Seleção Brasileira e no surgimento do interesse do Atlético de Madrid em sua contratação, noticiada pelo diário espanhol AsO Santos, oficialmente, nega qualquer proposta, mas pelo jogador que jamais agradou desde a chegada pode valer um alívio no curso.

Entenda o jejum do centroavante Leandro Damião:

8/5/2014 – Princesa do Solimões-AM 1 x 2 Santos – Arena da Amazônia – Copa do Brasil – 95 minutos
3/5/2014 – Santos 0 x 0 Grêmio – Vila Belmiro – Brasileiro – 62 minutos
26/4/2014 – Coritiba 0 x 0 Santos – Couto Pereira – Brasileiro – 47 minutos
20/4/2014 – Santos 1 x 1 Sport – VIla Belmiro – Brasileiro – 95 minutos
13/4/2014 – Santos 1 x 0 Ituano – Pacaembu – Paulista – 74 minutos
6/4/2014 – Ituano 1 x 0 Santos – Pacaembu – Paulista – 94 minutos
30/3/2014 – Santos 3 x 2 Penapolense – Vila Belmiro – Paulista – 32 minutos (último gol)

Compartilhar: