Dana White é banido de cassino em Vegas depois de ganhar R$ 4,6 milhões

Dana White se envolve em polêmica pela segunda vez com o Palms Cassino

Dana White já havia cortado relações com o cassino em 2012. Foto: Divulgação
Dana White já havia cortado relações com o cassino em 2012. Foto: Divulgação

Dana White está banido do Palms Cassino, em Las Vegas (EUA). De acordo com o site TMZ, o presidente do UFC foi proibido de pisar no local depois de ganhar cerca de R$ 4,6 milhões (2 milhões de dólares) no blackjack (conhecido também como 21). O caso aconteceu há algumas semanas, mas a informação só foi revelada nesta segunda-feira (02).

O chefão teria recebido notificação do cassino para apostar menos por mão. Segundo o jornal Las Vegas Review, eles pediram para o dirigente abaixar aposta de R$ 57,5 mil para R$ 11,5 mil, algo que não foi atendido e fez com que Dana ganhasse uma fortuna no local.

Em entrevista ao site TMZ, ele tirou onda da situação e se referiu de um caso que aconteceu com o ator Ben Affleck no Hard Rock Hotel Cassino, onde este teria sido pego contando cartas, que é algo proibido nesses jogos.

“Ganhei deles por quase 2 milhões de dólares, e eles me pediram para que não jogasse mais. Muita gente vai achar que eu conto cartas depois do que Ben Affleck fez no Hard Rock. Eu sou a coisa mais distante possível de contador de cartas”.

A relação de Dana White com o Palms não é nada boa. Em 2012, ele já tinha cortado relação com o estabelecimento depois que eles reduziram pela metade o crédito do dirigente para apostas. Ambos haviam feito as pazes depois que o cassino presenteou o chefão do UFC com uma caixa de vinhos.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade