De volta!

Após quase cinco meses afastada para cumprir exclusivamente o papel de mãe, hoje, enfim, esta titular retoma o comando da…

Após quase cinco meses afastada para cumprir exclusivamente o papel de mãe, hoje, enfim, esta titular retoma o comando da coluna. E para quem já estava com saudades de escrever sobre os bastidores da política da Terrinha, nada como uma volta em meio ao turbilhão político-eleitoral: desfecho de chapas e alianças, conversas, encontros, desencontros e decisões sobre o pleito 2014… Tudo o que uma jornalista que escreve sobre política adora!

>>>

A titular confessa que durante esses meses se desligou completamente desses assuntos, já que a maternidade exige toda atenção, tempo e dedicação. Mas isso teve o seu lado bom: uma volta renovada, inspirada e, portanto, com muita vontade de dar as melhores notícias a você, leitor.

>>>

A coluna agradece a compreensão de todos e em especial a jornalista Taciana Chiquette, que durante esses meses cuidou deste espaço com muita competência e carinho, sem deixar que o nosso leitor ficasse órfão das informações realmente independentes, sempre presentes por aqui e em todas as páginas deste JH.

>>>

Enfim, vamos ao que interessa!

Sucesso em ninho bacurau

A coluna-retorno não poderia começar falando sobre outra coisa: eleição 2014. Afinal, o assunto está em 100% das mesas mais bem articuladas e poderosas desta Terrinha.

>>>

E o que se comenta é que a vice-prefeita Wilma de Faria conseguiu uma proeza: foi a rainha da festa peemedebista durante lançamento da candidatura de Henrique Alves ao Governo do RN.

>>>

Foi ela quem teve a entrada com os aplausos mais entusiásticos. Mais vibrantes.

>>>

Os comentários mais ouvidos entre todos os wilmistas presentes eram de que ela, sim, deveria ser a candidata ao governo.

Hummm…

Nada por acaso…

Falava-se também, na ocasião, que a presença da ex-governadora do PSB no evento só ocorreu porque as ‘atenções’ que ela pedira, inclusive financeiras, como pré-condição para estar ali teriam chegado a tempo e a hora.

>>>

Compromisso cumprido.

>>>

Tudo em paz, pelo menos por enquanto.

Os passos de Gari

E a grande expectativa que se vive no momento na política do RN gira em torno das próximas ações políticas do ministro da Previdência Garibaldi Filho.

>>>

Isso porque se ele permanecer no Ministério além da data-limite para a desincompatibilização – próximo dia 4 – não poderá mais ser candidato nas próximas eleições. O que significa ser de confiança mútua o clima entre os principais membros da chapa.

>>>

Caso ocorrer o contrário, aliados-desconfiados já pensam na possibilidade de um escanteio em certa pessebista…

>>>

Até lá…

>>>

Clima

Aliás, o lançamento da candidatura de Henrique ao governo em meio a muito “choro e vela” ainda é o que se fala nas rodas políticas desde a última sexta. Pelas lágrimas, pela falta de energia, mas também pelo clima de desconfiança entre os ‘aliados’ do PSB e PMDB…

>>>

Os semblantes do ministro Garibaldi Filho e da vice-prefeita Wilma de Faria, adversários políticos históricos, eram de total desconforto diante daquele cenário…

Turistas irados…

Esse foi o clima percebido entre os turistas hospedados no hotel Praia Mar, em Ponta Negra, na última sexta-feira à tarde, por ocasião da festa de lançamento das candidaturas de Henrique Alves e Wilma de Faria para o próximo pleito.

>>>

O barulho da multidão presente, entrando pela porta de frente do hotel, tirou a tranqulidade dos hóspedes.

>>>

Famílias e até mesmo grupos de turistas se viram impossibilitados de manter qualquer conversa, fato que os deixou descontentes.

Apelido conquistado

“Chapão” é como vem sendo chamada por parte da mídia nacional a aliança local entre PMDB de Henrique, PSB de Wilma e DEM de Agripino, firmada no fim de semana.

>>>

Hoje, matéria do Estadão, por exemplo, classifica dessa forma a união. A reportagem diz ainda que o PMDB no RN “abriu um racha na coligação que apoia a presidente Dilma Rousseff”, ao excluir o PT (leia-se Fátima Bezerra, candidata ao Senado) da aliança local.

>>>

A matéria revela toda a chateação de Fátima Bezerra com o escanteio levado…

Enterro chegando…

Uma notícia que tem circulado no Governo Rosado é a de que entre os secretários-Rosa “o clima é de funeral”. Afinal, nada pior que fazer parte de uma gestão que chega ao fim em meio ao caos total.

>>>

Subestimando adversários…

Enquanto o ambiente é dos piores em meio ao alto escalão Rosado…

>>>

…há quem garanta que existe um setor feliz nessa história: a Casa Civil.

>>>

O motivo de tanta euforia de Carlos Augusto Rosado? Ele acredita que o cenário é bom para Rosalba ser candidata à reeleição.

>>>

Aos mais próximos, ele jura que a esposa terá muitas chances de vitória se forem confirmadas as candidaturas de Henrique e Robinson, considerados “pesados” eleitoralmente.

>>>

Carlos Augusto aposta num segundo turno.

>>>

Pois é!

>>>

Ponto cortado

A reitoria da UFRN recebeu ofício da Procuradoria Federal no RN, órgão da AGU, recomendando o corte do ponto dos servidores técnico-administrativos da instituição, que deixarem de comparecer ao expediente por conta da greve.

>>>

A ordem tem sido vista pelo sindicato dos servidores como abusiva e considerada um verdadeiro despropósito. Uma agressão ao direito de greve garantido na Constituição.

>>>

O assunto será levado, antes, a debate, no plenário da ANDIFES, o atual conselho dos reitores.

Compartilhar:
    Publicidade