DECISÃO – Túlio Lemos

A reunião entre a governadora Rosalba Ciarlini e o senador José Agripino não foi conclusiva. Decisões foram marcadas para junho;…

A reunião entre a governadora Rosalba Ciarlini e o senador José Agripino não foi conclusiva. Decisões foram marcadas para junho; forma de protelar o conflito inevitável. Porém, no encontro, a governadora constatou o que já suspeitava: seu líder e amigo há 40 anos está decidido a não lhe ceder a legenda para tentar a reeleição.

PROBLEMAS

Rosalba não tem amparo político, pois sua forma de administrar afastou os partidos que sustentavam sua gestão; tem problemas de ordem jurídica, pois é frágil e instável sua permanência no cargo e sua inelegibilidade continua; por fim, a Rosa não tem respaldo popular para tentar conquistar um novo mandato. Esses três fatores são impeditivos para viabilizar uma nova candidatura.

DIVISÃO

O senador José Agripino dispõe desses três componentes incontestáveis para tentar justificar a inviabilidade de Rosalba. Porém, a Rosa conta com o emocional para transpor esses obstáculos. O governador de fato, Carlos Augusto Rosado, quer vencer a batalha da comunicação e rotular a posição de Agripino como um ato de traição a quem sempre lhe foi fiel. O que não deixa de ser uma verdade.

DESCOBERTA

O deputado José Dias ironiza as ‘soluções’ encontradas pelo deputado Henrique Alves para tudo no RN. Segundo o marido de Diúda, o irmão de Aluizinho está na política há mais de 40 anos, participa e apóia os governos do Estado desde a época de Geraldo Melo, passando por Garibaldi, Wilma e Rosalba, mas somente agora ‘descobriu’ crise na saúde pública e problemas de falta de água no interior. Faz sentido.

RECLAMAÇÃO

O ministro Garibaldi Filho, naquele tradicional estilo ‘manhoso’, ligou para o tio Agnelo Alves e reclamou da entrevista do pai de Carlos Eduardo ao JH, onde externou insatisfação a respeito dos rumos da aliança do acordão com o PDT. O pai de Waltinho: “Agnelo, aquele pessoal do PDT querendo ajudar Sávio, eu até entendo, mas você…”. Os Alves marcaram para conversar neste final de semana.

CHAPA

A chapa majoritária que está sendo articulada no sistema governista seria formada por Rosalba Ciarlini (governadora), Leonardo Rêgo (v ice-governador) e Ney Lopes (senador). Na edição desta última sexta-feira foi publicado equivocadamente o nome de Leonardo Nogueira em vez de Leonardo Rêgo.

ÁGUA

Descaramento absurdo da classe política do RN. Os mesmos comandam o Estado e são responsáveis pela crise de falta dágua há vários anos. Mesmo assim, alguns caras de pau ainda ficam aparentemente indignados com a situação e até prometem resolver o problema. Como se a população acreditasse nesse tipo de coisa.

Compartilhar: