Declaração de Caio Castro sobre teatro revolta atores consagrados

Ingrid Guimarães foi a primeira a se manifestar na internet. Sem citar o nome do artista, ela criticou o que foi dito

Apesar de ser reprise, a entrevista que Caio Castro, 25, concedeu ao programa de Marília Gabriela, 65, no GNT, causou uma polêmica entre a classe artística.

Segundo o site “F5″, atores consagrados se revoltaram com a declaração do jovem galã de que ele não gosta de ir ao teatro e que só lê por obrigação, para “estar antenado”.

Ingrid Guimarães, 41, foi a primeira a se manifestar na internet. Sem citar o nome do artista, ela criticou o que foi dito: “Me espanta ver como alguns jovens atores se distanciam cada vez mais da essência da profissão e fazem dela um grande negócio. São eles que vão provar que nesta profissão é melhor abrir casas noturnas e restaurantes do que perder um fim de semana de sol num teatro”, postou.

O ator Pedro Paulo Rangel, 65, concordou com a colega de profissão. “Chocante, triste, um absurdo, mas absolutamente natural e coerente com estes tempos que nos deram para viver. Por que o espanto? Não sei quem é a anta e nem me interesso em saber, mas me regozijo em não tê-la pastando em nosso jardim”, escreveu.

O ator, escritor e diretor, Miguel Falabella, 57, também fez questão de comentar o assunto. “Não interessa saber quem é. Esse tipo de gente não interessa e ponto. Você só erra quando o chama de ator, querida. Não é ator. É desinibido”, publicou ele.

gergerge

 

Fonte: Yahoo

Compartilhar:
    Publicidade