Delegado do RN flagrado em motel com adolescente e viatura entrega o cargo

Odilon afirmou que isso era "pura invenção" e negou o uso indevido da viatura

O Chefe da da Delegacia de Polícia da Grande Natal foi flagrado usando a viatura da Polícia Civil potiguar para ao motel com uma jovem. Foto: Wellington Rocha
O Chefe da da Delegacia de Polícia da Grande Natal foi flagrado usando a viatura da Polícia Civil potiguar para ao motel com uma jovem. Foto: Wellington Rocha

O delegado Odilon Teodósio dos Santos Filho, flagrado usando a viatura da Polícia Civil que era estritamente reservada para uso de caráter policial, pediu na manhã desta quarta-feita, o afastamento imediato do cargo de diretor da DPGran, assim como seu adjunto, Alexandro Gomes.

Segundo informações da Assessoria de Comunicação da Degepol repassadas ao JH Online, Odilon deverá sofrer uma sanção administrativa na Corregedoria Geral, pelo uso da viatura oficial da Polícia Civil. A Delegacia Geral de Polícia (Degepol) também irá designar um delegado em caráter especial para apurar a relação do delegado com uma adolescente.

Odilon foi visto no restaurante Tábua de Carne, em Natal, onde Odilon jantava com uma adolescente, funcionária de um shopping da cidade. Depois do jantar, ainda usando o veículo oficial (descaracterizado), os dois foram filmados entrando em um motel.

CONFIRA NOTA DA DEGEPOL

O Delegado Geral Adjunto da Delegacia Geral da Polícia Civil (DEGEPOL), Adson Kepler, falou à imprensa na manhã dessa quarta-feira (22) para prestar esclarecimento a respeito da denúncia contra dois delegados da Polícia Civil do RN, exibida em reportagem no SBT Brasil. O delegado garantiu que os procedimentos padrões estão sendo realizados e que não será descartada nenhuma hipótese nas investigações.

“As denúncias serão apuradas com toda isenção possível e já encaminhamos o caso para Corregedoria Geral da Polícia Civil e se realmente houver indícios de qualquer ilícito penal será designado um delegado especial para investigar o caso”, relatou.

O delegado exercia (até hoje), a função de Diretor de Polícia da Grande Natal (DPGran) e seu salário é de R$ 24 mil. Ao ser questionado sobre sua conduta, Odilon afirmou que isso era “pura invenção” e negou o uso indevido da viatura.

Os delegados Odilon Teodósio e Alexandro Gomes, alvos da denúncia, já pediram afastamento de seus cargos para garantir a lisura das investigações. O delegado Adson Kepler ressaltou ainda que esse não é um caso corriqueiro na Polícia Civil do estado e que outras linhas de investigação não serão descartadas. “Não descartamos a possibilidade de retaliação em ambas as denúncias”, disse.

O Adjunto da DEGEPOL explicou também que as viaturas só podem ser utilizadas em serviço ou para o deslocamento do policial da residência até a delegacia, se houver necessidade, por questões de segurança. “As viaturas devem ser usadas em serviço ou para saída do policial até a sua delegacia como medida de segurança, não pode haver abusos. Qualquer uso indevido da viatura pode ser denunciado pelos cidadãos”, esclareceu.

FAMOSO: Odilon Teodósio ganhou notoriedade na imprensa potiguar ao prender quadrilhas que agiam no tráfico de drogas na região Nordeste. Na época, o delegado era titular da Delegacia de Narcóticos (Denarc).

A reportagem não detalha o dia exato do ‘flagrante’. A matéria foi ao ar nessa terça-feira (21).

Confira o vídeo da reportagem completa:

Compartilhar: