Delúbio é uma potência

Fernando Rodrigues Colunista da Folha de S. Paulo   Delúbio Soares é uma potência. Conseguiu mais apoio financeiro na internet…

Fernando Rodrigues

Colunista da Folha de S. Paulo

 

Delúbio Soares é uma potência. Conseguiu mais apoio financeiro na internet do que Dilma Rousseff e Marina Silva juntas.

O ex-tesoureiro do PT, agora cumprindo pena após ter sido condenado no mensalão, lançou uma campanha on-line para pagar sua multa de R$ 466.888,90. Abriu um site na internet e entesourou R$ 1.013.657,26. Num dia apenas entraram cerca de R$ 600 mil na conta delubiana.

Trata-se de um fenômeno novo na política brasileira. Em 2010, Dilma Rousseff elegeu-se presidente e não chegou nem perto disso. Com o apoio de Luiz Inácio Lula da Silva e a tecnologia comprada da equipe digital de Barack Obama, a petista recebeu 2.032 doações via web, totalizando R$ 180 mil.

Também em 2010, a sonhática Marina Silva, uma avalanche nas redes sociais, conseguiu pífias 3.095 doações na internet. Arrecadou R$ 171 mil nessa plataforma.

O tucano José Serra nem tentou pedir dinheiro na internet há quatro anos. Somados os valores obtidos via web por Dilma e Marina, chega-se a R$ 351 mil. Ou seja, mesmo juntas elas receberam durante toda a campanha presidencial de 2010 menos da metade do que Delúbio Soares ganhou em poucas semanas.

Ontem, o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes disse enxergar “algo muito estranho” nessas doações a jato para mensaleiros condenados. Além de Delúbio, outro sucesso arrecadatório foi José Genoino, que pagou com folga sua multa de R$ 667.513,92.

Estranho ou não, quem vai esclarecer é a Receita Federal –mas só em 2015, quando o Leão analisará as declarações de Imposto de Renda de todos os contribuintes brasileiros sobre o ano-base 2014.

É fácil acelerar o processo. Basta o Ministério Público requerer detalhes sobre todos os doadores e de onde saiu o dinheiro de cada um. Seria útil o Brasil conhecer como funciona esse fascinante novo fenômeno de benemerência na política. (Publicado na Folha de S. Paulo 05/02/2014)

 

SUSPEITAS

Até que enfim começaram os movimentos para investigar as vergonhosas doações de recursos para que os mensaleiros quitassem as multas impostas pela Justiça. Primeiro foi o PSDB que pediu investigação em torno da ação. Depois, o ministro Gilmar Mendes demonstrou total desconfiança quanto a legalidade do ato. Algo está cheirando muito mal em tudo isso.

DEFINIÇÃO DE CHAPA

O PR se reúne no próximo sábado (08) somente com as grandes lideranças. A informação é que o partido sairá do encontro com todas as definições postas para 2014, como o planejamento para ampliar os assentos da legenda na Assembleia Legislativa, manter a vaga na Câmara dos Deputados e para assumir a vaga de vice-governador na chapa majoritária, no caso com a indicação de João Maia.

PREGO BATIDO

Segundo uma fonte com presença garantia no encontro republicano, a única possibilidade da legenda alterar seu posicionamento é se algo muito importante mude todo o cenário político atual, o que no andar da carruagem é cada vez mais difícil. Em tempo: João Maia já havia dito, internamente, que só aceitava ser vice se fosse de um candidato considerado forte, sem “aventura”.

RENOVAÇÃO

É sempre importante lembrar que, caso se confirme a possibilidade de uma chapa com João Maia vice e Henrique Alves como candidato a governador, se abrem duas vagas da bancada potiguar na Câmara Federal. Levando-se em conta que Paulo Wagner não será candidato a reeleição, já são três cadeiras. E ainda há a chance de Fátima disputar o Senado. É a luta.

PREVISÍVEL

E agora PT? Está em toda a imprensa nacional. A médica cubana Ramona Matos Rodriguez buscou abrigo nesta terça-feira (04) no gabinete da liderança do DEM na Câmara dos Deputados depois de abandonar o programa Mais Médicos. Ramona afirmou que pedirá asilo ao governo brasileiro.

E É SÓ A PRIMEIRA

A médica contou que “fugiu” no último sábado (1) de Pacajá, no Pará, onde atuava em um posto de saúde, depois de descobrir que outros médicos contratados para trabalhar no Brasil ganhavam R$ 10 mil por mês, enquanto os cubanos recebem, segundo ela, cerca de R$ 965. Os outros US$ 600 são depositados em uma conta em Cuba e liberados aos profissionais depois do término do contrato no Brasil. Algo me diz que está é apenas a primeira a tomar tal atitude.

NATAL FICA PARA TRÁS

Enquanto a cidade de Santa Cruz se aproxima da possibilidade de construir um teleférico entre o centro da cidade a estátua de Santa Rita de Cássia, Natal perde a oportunidade de pegar carona neste projeto e repetir a ideia em Ponta Negra. Até quando o cartão postal mais conhecido do Estado, o Morro do Careca, ficará interditado para a visita de turistas? Um teleférico ligando ao topo do lugar resolveria o problema.

COMUNICAÇÃO

O jornalista Milton Neves anunciou a compra de sua própria emissora de rádio no Guarujá, litoral paulista. A Terceiro Tempo FM custará R$ 3 milhões ao bolso do polêmico apresentador da Band, dinheiro que será pago ao governo federal, já que a emissora estava sendo disputada em uma concorrência pública.

GIRA MUNDO

Desde janeiro de 2011, quando começou a gestão Dilma Rousseff, até o dia 4 de fevereiro deste ano foram registrados 181 apagões no país, considerando todas as falhas de energia, independentemente do tamanho da área afetada, do período ou da carga interrompida. A notícia está no portal G1 nacional. Ontem foram afetadas diversas cidades do Sul e Sudeste. Agora, a desculpa foi uma falha na linha de transmissão. Até quando?

Compartilhar:
    Publicidade