Deputado defende renúncia de todos os pré-candidatos em nome de novo projeto

Fábio Dantas, do PC do B, entende que o momento é de união da classe política para enfrentamento da crise no Estado

Fábio Dantas quer discutir projetos antes de candidaturas majoritárias no Estado. Foto: Divulgação
Fábio Dantas quer discutir projetos antes de candidaturas majoritárias no Estado. Foto: Divulgação

Joaquim Pinheiro

Repórter de Política

O deputado Fábio Dantas, do P C do B, está sugerindo que postulantes de todos os partidos ao Governo do Estado e ao Senado renunciem as suas pré-candidaturas e sentem à mesa para discutir um projeto para o Rio Grande do Norte e no final seja escolhido um nome de consenso para ser candidato a governador do Estado. Para isso, o deputado entende que a própria Assembleia Legislativa poderia contribuir através da realização de Audiências Públicas para saber o que os partidos pensam e o que é melhor para o Rio Grande do Norte. “Vamos acabar com esse negócio de pensar em si. Temos que ver o coletivo porque o Estado é mais importante do que os políticos”, ressaltou o deputado do PC do B, considerando a proposta como sendo “uma união em prol do Rio Grande do Norte”, Fábio Dantas diz que se a classe política desejar, viabiliza esse projeto em 30 dias, colocando-o no papel e posteriormente obrigando o governador eleito a cumprir.

“Precisamos de um pacto pelo Rio Grande do Norte, do contrário continuaremos enfrentando as mesmas dificuldades verificadas todos os anos”, disse Fábio Dantas, lembrando que se verifica no Estado uma incapacidade de investimentos porque não se tem atraído novos investimentos para fazer face as demandas em setores importantes como saúde, segurança e educação, por exemplo. “Enquanto Estados como Pernambuco e Ceará instalam indústrias, o Rio Grande do Norte sufoca sua base tributária para atender as demandas”, diz ele, acrescentando que o número de contribuintes no Estado é o mesmo de 5 anos atrás, por exemplo. “Se não aumentar a base tributária, não tem como melhorar a saúde e a segurança”, observa.

O deputado Fábio Dantas, diz concordar que o governo dê um choque de gestão, mas ressalta que o mais importante nesse momento é a renúncia de todos os postulantes ao Governo do Estado e ao Senado e a elaboração de um programa para o Rio Grande do Norte, para posteriormente escolher um nome de consenso para governar o Estado nos próximos 4 anos.

PC do B

Candidato à reeleição pelo PC do B, o deputado Fábio Dantas entende que a disputa majoritária nas eleições desse ano não é a prioridade do partido, mas a disputa proporcional, quando o legenda pretende ampliar sua representatividade na Assembleia Legislativa fazendo uma coligação com vários partidos considerados pequenos. Fábio Dantas está no exercício do seu segundo mandato e na eleição de outubro espera retornar a Assembleia Legislativa. Sua principal base política é a região do Agreste, particularmente São José de Mipibu onde o pai, Arlindo Dantas é prefeito.

Compartilhar: