Deputados cobram investigação da morte do vereador Demontiuer Rocha

O deputado Fábio Dantas apontou o uso de droga e a guerra de gangues como a razão para o aumento da criminalidade

Foto:ALRN
Foto:ALRN

A sessão plenária desta terça-feira, 25, foi marcada pelo pesar dos deputados estaduais pelo assassinato do vereador Demontiuer Rocha, da cidade de Extremoz, depois de um assalto ocorrido na noite de ontem na praia de Santa Rita, litoral Norte do Estado. O presidente da Assembleia, o deputado Ricardo Motta (PROS) apresentou voto de pesar a ser encaminhado à Câmara de Vereadores de Extremoz. O deputado Fábio Dantas (PC do B) cobrou a designação de um delegado especial para apurar os culpados pelo crime.

O deputado Fábio Dantas apontou o uso de droga e a guerra de gangues como a razão para o aumento da criminalidade. “O mais grave no nosso estado, além de todos esses homicídios constantes, é a questão da impunidade. Os crimes premeditados, todos eles são de natureza imprevisível. É necessário que a Polícia Civil possa identificar os culpados pelo crime. A segurança tem que ter a responsabilidade de conseguir descobrir e punir os culpados que estão soltos na sociedade”, exigiu.

“Nosso pesar pelo falecimento trágico. O vereador Demontiuer Rocha era um amigo, um companheiro”, declarou o presidente Ricardo Motta.
O deputado José Adécio (DEM) também se pronunciou a respeito do assassinato. “É lamentável o que aconteceu pela violência e a falta de segurança que assolam o país”, declarou.

Sobre o Crime

O vereador de Extremoz, Demontiuer Rocha, levou um tiro na altura do peito e ainda foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital, depois de um assalto ocorrido na noite de ontem (24) na praia de Santa Rita, litoral Norte do Estado. A polícia localizou o carro da vítima levado no assalto, mas ainda não tem pistas dos criminosos.

Compartilhar:
    Publicidade