Descobertas da ciência sobre os sonhos que você provavelmente não sabia

Pessoas que perderam a visão depois do nascimento podem enxergar em seus sonhos

opop89p89p98p9

Uma pessoa normal sonha entre 90 minutos a duas horas por noite. Consegue se lembrar dos seus? Não perca o sono por isso. É comum esquecer. Comuns também são os temas e situações recorrentes em sonhos e pesadelos, independente da origem do sonhador. “Sonhos são uma linguagem universal, imagems elaboradas a partir de conceitos emocionais”, esclarece Susan Baragia, mestre em pscicologia educacional e profissional do sono. Abra o seus olhos para 10 fatos interessantes sobre sonhos:

Você não se lembrará de 90% do seus sonhos

Metade dos seus sonhos são esquecidos cinco minutos após acordar. Depois de 10 minutos, 90% vai embora. Se quiser lembrar de tudo o que sonhou, a dica é dormir com um bloquinho ou gravador por perto.

Homens e mulheres sonham diferente

Todo ser humano tem sonhos, exceto em casos de distúrbios psicológicos mais sérios. Os sonhos masculinos costumam envolver mais outros homens, enquanto mulheres equilibram mais os gêneros nos seus sonhos.

Sonhos ajudam na prevenção de psicoses

Estudos sobre o sono mostraram que pessoas acordadas no início de cada sonho, mas que ainda assim tiveram oito horas de sono, apresentaram dificuldades de concentração, irritabilidade, alucinações e outros sinais de psicoses. Isso aconteceu apenas três noites de interrupção de sonhos.

Nós só sonhamos com o que conhecemos

Se o seus sonhos são habitados por estranhos, protagonistas ou figurantes, a sua mente não está inventando toda essa gente. São rostos de pessoas reais que você esbarrou em algum momento da vida. Centenas de milhares de rostos são registrados pelo seu inconsciente, um elenco de personagens infinitos disponível para o cérebro durante os sonhos.

Nem todo mundo sonha em cores

Pelo menos 12% das pessoas só consegue sonhar em preto e branco. O restante vive seus sonhos em cores.

Sonhos não são literais

Sonhar sobre uma situação específica não significa que o seu cérebro está tratando daquele assunto. Perseguições, voar sobre a Terra e nudez são simbolismos que podem significar ansiedade, controle e vulnerabilidade, por exemplo.

Ex-fumantes tem sonhos mais vívidos

Quem fuma cigarros por muito tempo e acabou de parar apresenta sonhos mais realistas do que no tempo em que foi fumante.

Estímulos externos influenciam nos sonhos

Um exemplo conhecido do fenômeno batizado de “incorporação no sonho” é quando um som ao redor invade a história vivida no mundo dos sonhos. Quem adormece com a TV ligada sabe muito bem como isso pode acontecer.

Seu corpo fica paralizado ao longo de sonhos

Em certos momentos do sono, suas glândulas liberam hormônios que ajudam a apronfundar a sonolência, induzindo neurônios a enviar sinais para a coluna cervical. Isso aumenta a sensação de relaxamento, ao mesmo tempo em que paraliza, literalmente, o seu corpo.

Cegos também sonham

Pessoas que perderam a visão depois do nascimento podem enxergar em seus sonhos. Quem já nasceu cego não sonha com imagens, mas tem sonhos tão nítidos quanto os de quem está lendo este texto, só que através de sons, cheiros, toques e emoções.

 

 

Fonte: Canal History

 

Compartilhar: