Destino – Danilo Sá

Tão logo assumiu o governo do Estado, começaram a surgir as notícias de sua suposta troca de partido. Primeiro foi…

Tão logo assumiu o governo do Estado, começaram a surgir as notícias de sua suposta troca de partido. Primeiro foi o PSD, criado por ex-integrantes do próprio DEM, que sangrou de forma quase interminável até acabar o prazo de novas filiações. Depois veio o Pros, e mais uma sequência de troca-troca partidário em todo o país. Isso sem falar nos boatos (?) de que poderia assumir o PTB e o PP, onde acabou colocando liderados para ocupar o espaço.

O fato é que Rosalba Ciarlini recusou a todas essas ofertas, sob o argumento de que não poderia desprestigiar o presidente nacional da legenda, seu amigo pessoal, o senador José Agripino Maia. Mas, antes de tudo isso, o marido da gestora, atual secretário da Casa Civil, Carlos Augusto Rosado, foi bastante cortejado pelo parlamentar para assumir o comando Democrata no Rio Grande do Norte. Também preferiu recuar da oferta, mantendo-se à frente apenas do diretório mossoroense.

Certamente, arrependimento é a palavra de ordem dentro do grupo rosalbista. Se tivesse saído da legenda nas diversas oportunidades que lhe surgiram no caminho, como se fosse uma espécie de aviso, a Rosa não estaria hoje submetida às vontades de Agripino. Agora, tem como última alternativa a luta suicida de colocar sua reeleição para bater chapa na convenção do partido, sob a perspectiva clara de sofrer mais uma derrota e sair da campanha pela porta dos fundos do constrangimento.

O governo Rosalba está longe de ter sido a tragédia pintada por muitos, teve suas poucas conquistas, é verdade, mas deixou muito a desejar em setores básicos, onde foi eleita como a esperança por dias melhores pelos potiguares. Não atendeu as expectativas, centralizou as decisões e se afastou de aliados importantes, que não aceitaram a posição de subalternidade, ainda mais diante de uma gestão sofrível e desgastada.

Agora, com o destino praticamente selado, e sem nenhuma opção quanto ao futuro, Rosalba caminha para o fim do seu governo, decretado pelo próprio partido. Algo que nem mesmo o mais ferrenho adversário da gestora imaginava que fosse possível ocorrer no início de sua administração, após a vitoriosa campanha de 2010. Talvez, o destino a leve de volta para Mossoró, onde continua sendo, até hoje, vista como a prefeita do desenvolvimento, da cultura e da geração de emprego. Destino?

RENOVAÇÃO

O advogado Paulo César Ferreira vai assumir a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes). Ele foi convidado para a pasta e vai substituir Osair José Vasconcelos de Medeiros. A posse será na Prefeitura Municipal do Natal, às 17h desta terça-feira (3). Paulo César é advogado há 14 anos, atuando em diversas associações, sendo especialista em direito penal e militar.

IMPRESSÃO

Em tempo: apesar de tímida, já há alguma melhora no sistema de segurança pública do Rio Grande do Norte. Ainda não dá para saber se é por causa do novo secretário, o general Eliéser Girão, ou devido aos investimentos para a Copa. Mas crescem as apreensões de drogas, o número de presos e, lentamente, caem a quantidade de homicídios. Não é nada, mas já é alguma coisa.

SOB SUSPEITA

São cada vez mais estranhas, para dizer o mínimo, as notícias em torno das carteiras estudantis em Natal. Primeiro, a esquisitíssima onda de prorrogações sem nenhuma explicação convincente para tal. Agora, surge a informação de que não há convênio firmado pela Prefeitura com as entidades responsáveis pela produção do Natal Card. O contrato foi feito de boca?

EM DEFESA DOS ARTISTAS

O cantor Fernando Luiz realiza uma carreata em defesa de melhores cachês para artistas do Estado na próxima sexta-feira (06). Sairá da Cidade da Esperança e percorrerá vários bairros da capital. No domingo, ele faz um evento comemorando os 45 anos de carreira, que ocorrerá na zona Norte e terá a presença de vários artistas populares. O músico é, há anos, um dos principais nomes do setor no RN.

FESTA

O vereador Júlio Protásio (PSB) comemora aniversário, nesta quinta-feira (5), com missa em ação de graças. O líder do prefeito na Câmara Municipal receberá seus amigos para o ato de reverência cristã às 18h30, na Igreja Bom Jesus Das Dores, na Ribeira. Os convidados devem levar um quilo de alimento não perecível que serão doados ao Instituto Juvino Barreto.

ERRATA

Ontem, por um equívoco imperdoável, esta coluna publicou uma foto do deputado federal Henrique Eduardo Alves no lugar do vereador Fernando Lucena, na seção Megafone acima. No local, estava em destaque sim a frase do parlamentar petista, se dizendo a favor do “volta Lula”, por considerar o ex-presidente melhor do que Dilma Rousseff.

SOLIDARIEDADE

É grande a necessidade do Instituto Juvino Barreto por mais doações. Colaboradores que estiveram passando pelo local nos últimos dias se mostraram bastante preocupados com a situação atual da entidade beneficente, referência no cuidado de idosos no Rio Grande do Norte. Quem desejar contribuir, pode se dirigir a sede do órgão, localizada na Avenida Alexandrino de Alencar.

ATÉ QUE ENFIM

Demorou, mas finalmente parece que o Parque da Cidade será inaugurado. Isso pela terceira ou quarta vez. Após quase cinco anos fechado, sem ser utilizado pela população para praticamente nada, o lugar será devolvido a sociedade nesta quinta-feira (05), conforme informação da Prefeitura. A obra milionária passou por uma série de reformas.

GIRA MUNDO

O assistente de palco Russo se desligou da TV Globo, após 50 anos de trabalho na emissora. A informação foi confirmada pela Central Globo de Comunicação. Em entrevista ao jornal “Extra” desta terça-feira (3), Adriana Mello, que vive com Russo há mais de dez anos, afirmou que ele ainda não se acostumou com o desligamento: “Às vezes, ele acorda e pergunta se está de férias. Tem sido muito difícil para ele se acostumar com a ideia da aposentadoria”. Prestes a completar 84 anos, ele já estava aposentado desde os 65. Russo fez cinco pontes de safena e toma remédios por conta do infarto que sofreu há dois anos. Por isso, ele não tinha mais condições de trabalhar.

Compartilhar:
    Publicidade