Detido menor que postou na internet venda de gente negra ao preço de R$1

A Polícia Civil chegou ao autor depois de obter informações junto ao site, que entregou os dados cadastrais do usuário, após notificação oficial

Jovem será denunciado por racismo. Foto:Divulgação
Jovem será denunciado por racismo. Foto:Divulgação

A Polícia Civil deteve o menor acusado de postar no site Mercado Livre a venda de negros por R$ 1. A publicação foi retirada do ar no dia 6 deste mês, após denúncias dos usuários do site. O falso anúncio de conteúdo racista foi alvo de polêmica na internet. A Polícia Civil chegou ao autor depois de obter informações junto ao site, que entregou os dados cadastrais do usuário, após notificação oficial.

O anúncio mobilizou também a Ouvidoria Nacional da Igualdade Racial, vinculada à Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), que solicitou ao site de vendas informações sobre o autor da postagem. Segundo o ouvidor nacional, Carlos Alberto Silva Júnior, a intenção é encaminhar os dados ao Ministério Público Federal para que seja oferecida denúncia.

O autor da postagem pode ser enquadrado no Artigo 20 da Lei n° 7.716/1989, que prevê pena de reclusão de dois a cinco anos e multa para quem praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.

Fonte:O Globo

Compartilhar:
    Publicidade