Diferenças e semelhanças entre os populares papas Francisco e João Paulo 2º

Ambos 'estrangeiros' em um cúria majoritariamente italiana, principal diferença está na forma de linguagem escolhida

Papa João Paulo 2º. Foto:Divulgação
Papa João Paulo 2º. Foto:Divulgação

Assim que Francisco se tornou papa, a comparação foi imediata: teria ele um pontificado parecido ao do polonês? É provável que haja grande semelhança, explica o diretor do Núcleo Fé e Cultura da PUC-SP, Francisco Borba, mas não será pelo carisma comum em ambos.

“Francisco é João Paulo 2º ao avesso. João Paulo II era o papa que veio do frio polonês. Francisco é o papa que veio do sul, ainda mais longe do que a Polônia comunista e, assim como João Paulo teve grande dificuldade de aceitação dos latinos, Francisco vai enfrentar muita oposição dos ricos do hemisfério Norte”, pondera o teólogo.

De semelhanças, enumeram os teólogos, pode-se ainda citar o espírito peregrino, o fervor evangelístico expresso na vontade de anunciar Cristo de todas as formas e a ênfase no diálogo ecumênico.

Uma diferença notável, no entanto, é a linguagem. Enquanto João Paulo 2º falava e escrevia com mais erudição, Francisco usa sempre uma linguagem simples, sem margem para interpretações equivocadas. Uma estratégia acertada, opina o frei e professor Clodovis Boff.

“Até Francisco, os documentos papais tinham uma doutrina impessoal, anônima e que precisava de documentos que traduzissem o conteúdo para o leitor. Francisco muda tudo isso. Ele tira o trabalho dos teólogos e fala com o povo direto. Isso é ótimo. Os teólogos que fiquem calados e também escutem”, brinca.

Foto:IG

Compartilhar: