Dilma anuncia novas bolsas de estudos para mestrados no exterior

Nos últimos dois anos foram outorgadas 60 mil bolsas de estudos para cursos de graduação

Segundo Dilma, os cursos serão realizados "nas melhores universidades do mundo". Foto: Divulgação
Segundo Dilma, os cursos serão realizados “nas melhores universidades do mundo”. Foto: Divulgação

A presidente Dilma Rousseff anunciou que a partir desta segunda-feira o Governo oferecerá bolsas de estudos para mestrados em universidades do exterior, no marco do programa “Ciências sem Fronteiras”, que busca melhorar a formação técnica dos profissionais.

Essas mestrados “são perfeitos para quem já terminou o curso superior e precisa desenvolver e aperfeiçar seus conhecimentos para aplicá-los em sua vida profissional”, declarou a presidente em seu programa de rádio semanal, que é transmitido toda segunda-feira.

Segundo Dilma, os cursos serão realizados “nas melhores universidades do mundo”, graças aos diversos acordos de cooperação que o Governo assinou com outros países desde que anunciou o programa “Ciência sem Fronteiras”, em 2011.

Desde então, o Brasil estabeleceu diversos graus de cooperação com universidades da Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Coreia do Sul, China, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Holanda, Hungria, Itália, Irlanda, Japão, Noruega, Reino Unido, Suécia e Nova Zelândia.

Segundo explicou Dilma, nos últimos dois anos foram outorgadas 60 mil bolsas de estudos para cursos de graduação, que já foram concluídos por 14.600 estudantes.

A meta do programa “Ciência sem Fronteiras”, que está dotado com cerca US$ 2 bilhões de investimento público e privado, é apoiar os estudos de 100 mil universitários entre os anos de 2011 e 2014.

 

Fonte: Terra

Compartilhar: