Presidente Dilma serve de alvo para tiros em site que se diz de policial federal

Aparentemente, a ideia de alvejar Dilma, nem que seja simbolicamente, fez sucesso entre os fãs da página. A postagem teve 1.033 “curtidas”, 252 compartilhamentos e 100 comentários

Caricatura da presidente Dilma Rousseff é usada como alvo para treinamento de tiro. Foto: Reprodução
Caricatura da presidente Dilma Rousseff é usada como alvo para treinamento de tiro. Foto: Reprodução

A página no Facebook “Polícia Federal do Brasil” está no ar desde janeiro de 2013. Ela não é a página oficial da PF, e se anuncia como uma “comunidade voltada ao público que admira o trabalho dos Policiais Federais e temas diversos”. Tem 209 mil “curtidas”. Os posts são de usuários que se dizem da PF, ou ao menos usam símbolos da instituição, tais como emblemas e camisetas.

Em uma dessas postagens, um homem trajando uma camiseta com o emblema da PF se deixa fotografar ao lado de um alvo com a caricatura da presidente Dilma Rousseff crivada de tiros. Em seu suposto perfil, o atirador se diz chamar Danilo Balas. Procurados, Danilo e outros 15 membros da página, não responderam nada.

Aparentemente, a ideia de alvejar Dilma, nem que seja simbolicamente, fez sucesso entre os fãs da página. A postagem teve 1.033 “curtidas”, 252 compartilhamentos e 100 comentários.

Dentre eles, mensagens de apoio como “precisamos de gente assim no Brasil… que se comprometa”, “Putz quero um desses com 09 dedos! Tem?” e “BalaNeles”.

No entanto, alguns seguidores criticaram a foto. Há comentários como “FALTA DE RESPEITO” e “começou o golpismo”. Outros ainda alertam para possíveis consequências do uso da imagem de Dilma em treinamento de pontaria:

“Eu acredito que dará merda, indução a homicídio, ou melhor premeditação de um crime ou atentado a vida de outrem…”

Ou, ainda:

“Kkkkk… Tira esse carão dai xirú véio. Vão te mandar pro meio da Amazonia!” rSSS…..

Terra Magazine entrou em contato com a PF. Perguntou se a comunidade de fato tem policiais federais, e que providências foram tomadas, já que a página está no ar desde janeiro de 2013 e tem mais de 209 mil seguidores.. Em 24 horas, obteve duas respostas diferentes.

Na terça-feira (29), a assessoria de imprensa da PF em Brasília deu a seguinte resposta ao Terra Magazine:

“A PF já requereu ao Facebook que retire a comunidade “Polícia Federal do Brasil” do ar, bem como outros sites da rede social que representam indevidamente a instituição”.

Foi ressaltado ainda que o nome e os símbolos da corporação somente podem ser utilizados por terceiros mediante autorização do órgão.

Na manhã desta quarta-feira (30), mais de 15 meses depois de uma página coalhada de posts sobre atividades de supostos policiais da PF, a divisão de comunicação da instituição substituiu a resposta concedida ontem ao Terra Magazine. Informou:

“A declaração de ontem não é mais a oficial da PF. A página e, mais especificamente, a postagem que tem a caricatura de Dilma Rousseff como alvo foram encaminhadas para a direção geral da PF para averiguações. A PF não irá fazer declarações adicionais sobre o assunto neste momento”.

Compartilhar:
    Publicidade