Dilma pede desculpas por andar de carro com o neto no colo: ‘foi um erro’

Presidente foi flagrada nesta sexta-feira circulando com o neto sem o uso da cadeirinha, equipamento de segurança obrigatório

Descuido?Foto:Divulgação
Descuido?Foto:Divulgação

A presidente Dilma Rousseff se desculpou por ter andado de carro com o neto Gabriel, 3 anos, sem o equipamento de segurança necessário. Ao considerar o fato como um “erro”, a presidente disse que a legislação de trânsito diz que crianças devem andar na cadeirinha.

Dilma está em Porto Alegre (RS), onde inaugurou a BR-448. A filha, Paula Rousseff, e o neto da presidente, assim como ex-marido, Carlos Araújo, moram na capital gaúcha.

“Estive hoje na casa da minha filha e, de lá, levei meu neto à casa do avô, que fica no mesmo bairro”, relatou Dilma pelo microblog Twitter. “Meu neto foi abraçado comigo no banco de trás. Foi um erro. A legislação de trânsito é clara: criança tem que andar na cadeirinha. Peço desculpas pelo erro”, escreveu.

Agência Brasil 

Compartilhar: