Dinheiro x gestão

A Série A deste ano está mostrando que orçamentos milionários não servem para muita coisa no futebol se as contratações…

A Série A deste ano está mostrando que orçamentos milionários não servem para muita coisa no futebol se as contratações não forem certeiras e a gestão competente. Corinthians, São Paulo, Internacional e Fluminense são os exemplos da temporada que se encerra. As quatro equipes iniciaram o Brasileirão como favoritos ao título ou, no mínimo, por uma vaga na Libertadores de 2014. Mas a falta de coerência no pagamento dos altos salários de determinados atletas que sequer pagaram a água que tomam no treino, fez os clubes terminarem a competição de forma melancólica. O São Paulo terminou o primeiro turno no Z-4 e flertou com o rebaixamento, enquanto Corinthians e Inter estão entre os quatro últimos do segundo turno. O Fluminense, atual campeão, tem um pé na Série B, e dependendo da combinação de resultados, o milionário alvirrubro gaúcho, que tem uma folha de pagamento de 10 milhões de reais pode ter um prejuízo ainda maior. Que fique o exemplo de Flamengo, Goiás, Atlético-PR e Vitória que com equipes modestas, estão dando show de bola no campeonato.

 

Vôlei
o Brasil caiu no Grupo A da Liga Mundial de Voleibol, com Itália, Polônia e a sensação Irã. No Grupo B estão Rússia, Estados Unidos, Bulgária e Sérvia. Na primeira fase, volta o velho formato de seis rodadas duplas para cada time, sendo três finais de semana fora e outros três em casa. A Liga começa no dia 23 de maio de 2014.

Premiação
A CODESP convida as direções das escolas participantes dos JERNS – 2013, para a solenidade de entrega da premiação das equipes e atletas. Será no dia 4, às 15h, no auditório Angélica Moura, na Secretaria de Educação.

DataTrindade
O homem das estatísticas do RN, Marcos Trindade, fez um balanço das conquistas do futebol nordestino na temporada 2013. O Nordeste conquistou cinco acessos contra três rebaixamentos, sem contar com as permanências de vários clubes em suas séries. No RN a permanência de ABC e América na Série B. A única queda foi o rebaixamento do Baraúnas para a D. No Ceará, tivemos a permanência de Icasa e Ceará na B e do Fortaleza na Série C. Na PB, o Botafogo subiu pra Série C e o Treze permaneceu. Em PE, o Santinha subiu pra B, o Sport retornou à elite e o Salgueiro subiu para a C. A baixa foi o rebaixamento do Náutico à Série B. Nas Alagoas, o CRB se manteve na Série C, enquanto o ASA caiu para a Série C. Na terra do axé, Bahia e Vitória seguem na Série A e lá no Maranhão, o Sampaio voltou pra B. Piauí e Sergipe passaram em branco.

Vasco ou Flu
A queda de vasco ou Fluminense para a Série B será bem vinda para ABC e América. Pelo menos, uma grande arrecadação está garantida. Imagina um confronto contra os cariocas na Arena das Dunas, é jogo pra no mínimo 20 mil torcedores.

Campeão
Jogando em Recife, no estádio do Arruda, o Santa Cruz venceu o Sampaio Corrêa por 2 a 1 e ficou com o título de campeão da Série C do Campeonato Brasileiro. Ambas as equipes já haviam garantido o acesso à Série B de 2014. Destaque para o atacante Flávio Caça Rato, ex-América, e goleador do time pernambucano.

Parceria
Uma parceria com o empresário de jogadores, João Maria Belmont, pode ser a solução para o Santa Cruz disputar o Campeonato Estadual 2014. A diretoria do clube da região do Trairi se reúne nesta segunda-feira com Belmont para fazer a proposta.

Pimpão
O técnico Leandro Sena pediu a permanência do atacante Rodrigo Pimpão para a próxima temporada e poderá ser atendido. A diretoria já apresentou proposta e o jogador ficou de dar uma resposta ainda nesta semana. Enquanto isso, os diretores Leonardo Bezerra (do departamento de futebol amador) e Eduardo Pagnoncelli (do financeiro) receberão convite de Gustavo Carvalho para seguirem no clube.

Compartilhar: