Diretor de escola viaja para a Copa do Mundo e irrita os pais dos alunos

Escola primária britânica pune os pais que permitirem que os filhos faltem, mas permitiu que o diretor tirasse uma 'licença por motivos pessoais' para viajar ao Brasil

Escola garante que o diretor tinha um registro de presença exemplar e em nenhum momento tinha solicitado uma licença, até então. Foto: Divulgação
Escola garante que o diretor tinha um registro de presença exemplar e em nenhum momento tinha solicitado uma licença, até então. Foto: Divulgação

O diretor de uma escola primária de Leicester, na Inglaterra, tirou uma “licença por motivos pessoais” para viajar para o Brasil e assistir à Copa do Mundo. O motivo da licença deixou muito pais irritados. As informações são do Daily Mail.

Segundo a publicação, os pais que procuraram a escola primária de Stafford Leys, para saber se poderiam viajar com os alunos, descobriram que iriam receber uma multa pelas faltas. Devido a isso, muitos criticaram a atitude do diretor, Ed McGovern, 55 anos.

“Se os pais levam multa para tirar seus filhos das aulas, ele não poderia ter ido viajar durante o período letivo. Isso me cheira a padrões duplos”, disse Carlton Skeats, 44 anos, pai de dois alunos.

Apesar disso, a escola garante que o diretor tinha um registro de presença exemplar e em nenhum momento tinha solicitado uma licença, até então. “Os pedidos de licença de ausência por motivos pessoais podem ser feitos por toda a equipe e cabe à escola escolher se serão ou não aceitos”, disse um porta-voz do colégio.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade