Diretor de X-Men é acusado de abusar sexualmente de jovem

O processo também diz que Singer dopou a vítima com drogas

Bryan Singer. Foto: Getty Images
Bryan Singer. Foto: Getty Images

Bryan Singer, que já dirigiu grandes produções como X-Men, é acusado de abusar sexualmente de um adolescente. O fato teria acontecido em 1999, quando a suposta vítima, Michael Egan, tinha 17 anos. Segundo o site TMZ, o processo aponta que o diretor forneceu bebida alcoólica e drogas ao garoto e lhe ofereceu um papel em um de seus filmes.

Ainda de acordo com o relato, Singer teria forçado o jovem a praticar sexo oral dentro de uma piscina. O processo também diz que Singer dopou o menino com drogas, inclusive cocaína, em outra ocasião.

O advogado do diretor, Marty Singer, rebateu: “as alegações contra Bryan Singer são completamente infundadas. Estamos confiantes que ele será inocentado nesse processo absurdo”.

A defesa ainda afirma que o caso só veio à tona agora por conta do lançamento do novo X-Men em algumas semanas.

 

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade