Diretor favorito ao Oscar é chamado de ‘faxineiro’ e ‘lixeiro’ em premiação

White também tem o hábito de criticar vencedores da premiação de Nova York

Steve McQueen, diretor de "12 Anos de Escravidão", após receber o prêmio de diretor do ano no Festival Internacional de Cinema de Palm Springs. Foto:fDivulgação
Steve McQueen, diretor de “12 Anos de Escravidão”, após receber o prêmio de diretor do ano no Festival Internacional de Cinema de Palm Springs. Foto:fDivulgação

O diretor britânico Steve McQueen foi chamado de “porteiro constrangedor” e “lixeiro” por um crítico de filmes durante a premiação do NYFCC (New York Film Critics Circle), que aconteceu na noite de segunda (6). As informações são do jornal “The Guardian”.

O editor da revista “CityArts” Armond White —que já foi anfitrião da cerimônia— gritou os insultos de sua mesa enquanto McQueen recebia o prêmio de melhor diretor por seu filme “12 Anos de Escravidão”. O diretor não reagiu aos insultos.

White é conhecido por não seguir o consenso dos críticos. O drama de McQueen —sobre Solomon Northup, homem negro livre que é escravizado— foi um dos filmes mais aclamados de 2013 e é um dos favoritos aos prêmios de melhor filme no Oscar e no Globo de Ouro —para o qual recebeu sete indicações.

“Representando a escravidão como um show de horror, McQueen fez o filme americano mais desagradável desde ‘O Exorcista’, de William Friedkin, em 1973″, escreveu White, que também é negro, em uma resenha feita em outubro no site do NYFCC.

“Isso mesmo. ’12 Anos de Escravidão’ pertence ao gênero de tortura pornográfica, junto com ‘O Albergue’, ‘A Centopeia Humana’ e a franquia ‘Jogos Mortais’, mas está sendo vendido (por engano) como parte de uma recente avalanche de filmes que fingem trazer uma ‘discussão sobre raça’. A única discussão que esse filme inspira conteria uivos de desconforto”.

. Como anfitrião, em 2011, lançou farpas às atrizes Annette Bening e Michelle Williams. No ano seguinte, seu alvo foi Robert De Niro e Viola Davis.

Na cerimônia de segunda, além de McQueen, foram premiados os atores Robert Redford (melhor ator em “All is Lost”), Cate Blanchett (melhor atriz em “Blue Jasmine”), Jared Leto (melhor ator coadjuvante em “Dallas Buyers Club”) e Jennifer Lawrence (melhor atriz coadjuvante em “Trapaça”, que também levou o prêmio de melhor filme).

Fonte:FSP

Compartilhar:
    Publicidade