Bandidos agem em Natal e em poucas horas dois sequestros relâmpagos são registrados

Empresário José Bezerra Júnior passou quatro horas na mão dos bandidos

Bandidos abordaram vítima na saída da Caixa Econômica de Parnamirim. Foto: Wellington Rocha
Bandidos abordaram vítima na saída da Caixa Econômica de Parnamirim. Foto: Wellington Rocha

Três pessoas passaram por momentos de terror na noite desta terça-feira (19). Em Parnamirim, uma mulher e a sobrinha ficaram mais de 20 minutos nas mãos de bandidos depois de serem sequestradas após saírem de um banco. Já em Natal, um empresário passou por situação ainda pior, já que ficou quase quatro horas rendido pelos criminosos.

Por volta das 18h, o empresário José Bezerra Júnior, mais conhecido como Ximbica, estava em seu carro, uma Hilux, na Avenida Afonso Pena, quando foi abordado por homens armados. Os criminosos ficaram rodando com a vítima por quase quatro horas. Eles passaram por diversos bancos, mas não entraram em nenhum, pois todos tinham muita gente. Depois de ameaçarem o empresário, os bandidos o libertaram em um matagal na comunidade Rio da Prata, no município de Macaíba, na Grande Natal. Como os bandidos levaram seu celular e veículo, Ximbica só conseguiu pedir socorro depois de andar até uma residência que conseguiu encontrar no meio da escuridão. A PM fez diligências pela região, mas não encontrou nenhum dos suspeitos.

Já em Parnamirim, tia e sobrinha, uma criança de três anos, passaram mais de 20 minutos nas mãos de bandidos. Segundo informações da Polícia Militar, elas tinham acabado de fazer um saque na agência da Caixa Econômica que fica no centro da cidade quando foram surpreendidas por um casal, que tomou o dinheiro e o carro da vítima, levando ambas como reféns. A PM foi avisada do ocorrido e passou a fazer diligências pela região. As duas foram liberadas nas proximidades do Centro de Treinamento do América. Depois disso, a PM identificou o carro roubado e passou a perseguir os criminosos. A dupla foi presa e a polícia conseguiu recuperar o dinheiro e carro que tinha sido levado.

Compartilhar: