Doleiro e deputado na mira da PF trocam mensagens românticas: “Te amo, muito”

Conversa interceptada pela PF em fevereiro está em relatório da Operação Lava-Jato

Youssef é investigado pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato. Foto: Divulgação
Youssef é investigado pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato. Foto: Divulgação

A Polícia Federal transcreveu no relatório da Operação Lava-Jato uma troca de mensagens considerada “romântica” entre o doleiro Alberto Youssef e o deputado federal Luiz Argôlo (SD-BA). A conversa foi reproduzida pelo jornalista Felipe Patury em sua coluna no site da revista Época. A interceptação ocorreu às 8h33 do dia 28 de fevereiro deste ano.

Confira abaixo a transcrição na íntegra, conforme aparece no relatório da PF:

Argôlo: Bom dia.

Youssef: Bom dia.

Argôlo: Você sabe que tenho um carinho por vc e é muito especial.

Youssef: Eu idem.

Argôlo: Queria ter falado isso ontem. Acabei não falando. Te amo.

Youssef: Eu amo você também. Muitoooooooooo<3

Argôlo: Sinto isso. E aí já melhorou?? Melhorou???

Argôlo: Por favor me diga alguma coisa.

Fonte: R7

Compartilhar: