Dono de clube de futebol é condenado a pagar mais de 8 bilhões de reais a ex-mulher

A justiça também entregou à mulher a guarda da filha do casal, de 13 anos

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Elena Rybolovlev, ex-mulher do bilionário russo Dmitry Rybolovlev, proprietário do clube de futebol AS Mônaco, recebeu mais de 8,9 bilhões (4 bilhões de francos suíços ou 4,5 bilhões de dólares) em seu divórcio concluído na terça-feira (13) passada em Genebra, informou nesta segunda-feira (19) o jornal Le Temps.

O tribunal de primeira instância de Genebra concedeu a metade da fortuna do oligarca, 4.040.555.987,20 francos suíços, a sua ex-esposa que reside em Genebra, afirma o jornal.

A justiça também entregou à mulher a guarda da filha do casal, de 13 anos.

As informações não foram confirmadas pelo tribunal.

O casal, que foi casado por 23 anos, briga na justiça desde 2008 sobre as condições do divórcio.

Elena reivindicava vários bilhões de dólares ao dono do AS Mônaco, cuja riqueza total é estimada em cerca de 9 bilhões de dólares.

Ryboloblev fez sua fortuna com a venda da Uralkali, uma das maiores fabricantes de potássio do mundo.

O magnata também é dono da ilha grega Skorpios, que pertencia à família Onasis, e da mansão de Miami, que havia sido do bilionário americano Donald Trump. Ele também comprou a mansão de Will Smith no Havaí e outra em Saint Tropez, no sul da França.

Elena denunciou em janeiro, em uma entrevista à revista suíça Bilan, que desde o pedido de divórcio tem sido seguida constantemente por detetives particulares.

Em fevereiro, a polícia do Chipre chegou a detê-la e interrogá-la pelo suposto roubo de um anel de diamantes que custou vários milhões de euros.

A família Rybolovlev já havia acusado Elena de ter roubado outra jóia avaliada entre 25 e 50 milhões de euros.

Elena, que chegou na Suíça em seu avião particular, foi abordada pela polícia no aeroporto de Larnaca (sul), interrogada pela polícia em Limassol (sul) e liberada no mesmo dia sem que qualquer acusação tenha sido apresentada contra ela.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade