Dufry inaugura lojas no novo aeroporto, uma das quais de importados “duty paid” – Marcos Aurélio de Sá

- O grupo empresarial Dufry, que mantém lojas nos principais aeroportos brasileiros, inaugurou hoje uma mega unidade da Dufry Shopping…

- O grupo empresarial Dufry, que mantém lojas nos principais aeroportos brasileiros, inaugurou hoje uma mega unidade da Dufry Shopping (532 metros quadrados), no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, de São Gonçalo do Amarante, voltada para a comercialização de produtos importados no formato “duty paid” (com impostos inclusos no preço da mercadoria). Ela fica localizada na área restrita do embarque doméstico.

- Também pertencente ao mesmo grupo, foi aberta esta manhã, na área comum de desembarques do novo aeroporto, uma loja de conveniência Hudson News, com 64 metros quadrados, especializada na comercialização de livros, jornais e revistas, além de uma vasta linha de produtos emergenciais de grande procura por viajantes.

- Na Dufry Shopping os passageiros podem encontrar um mix variado de marcas estrangeiras de bebidas, perfumes, cosméticos, eletrônicos e comestíveis.

Indústria multinacional de pisos cerâmicos disposta a implantar fábrica em Goianinha

- O secretário estadual do Desenvolvimento Econômico, Silvio Torquato, esteve reunido em Recife, durante a última sexta-feira, com o presidente mundial da Pamesa (uma das mais sofisticadas indústrias internacionais de pisos e revestimentos cerâmicos, além de porcelanatos, com fábricas em vários países), empresário espanhol Fernando Roig.

- O encontro foi para dar continuidade, em nome do Governo potiguar, às negociações com a Diretoria da Pamesa Brasil S/A visando a instalação de uma unidade do grupo no Distrito Industrial do município de Goianinha, onde existe uma das melhores jazidas de argila do Rio Grande do Norte.

- A Pamesa atua há mais de 35 anos no mercado mundial e poderá investir no Rio Grande do Norte cerca de R$ 200 milhões.

Grupo Interfort será o responsável pela segurança do Aeroporto de S. Gonçalo

- A empresa potiguar Interfort Segurança venceu a concorrência e assumiu a responsabilidade pelos serviços de segurança patrimonial do Aeroporto Internacional Aluízio Alves, inaugurado oficialmente no final da manhã de hoje pelo ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Moreira Franco.

- O contrato entre o Consórcio Esparta/Inframérica (empresa que administra o primeiro aeroporto privatizado o país) e o Grupo Interfort já havia sido firmado desde o mês passado. Entretanto, desde dezembro de 2012, período em que se intensificou a construção do terminal, a segurança patrimonial das obras já estava sob sua responsabilidade.

- Especializada também na prestação de serviços de segurança pessoal, bancária, eletrônica e escolta armada, a Interfort acaba de renovar contrato de segurança patrimonial e privada que mantém desde 2002 com a rede de agências da Caixa Econômica Federal no Rio Grande do Norte.

- Atualmente, o Grupo Interfort possui um efetivo de aproximadamente dois mil empregados, espalhados pelos Estados do RN e Pernambuco.

Equipe técnica do “Mais RN” proporá novo destino para o Aeroporto Augusto Severo

- O programa “Mais RN”, da Fiern (Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte) irá, a pedido do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae, envolver a equipe técnica da consultoria paulista Macroplan na elaboração de um estudo econômico sobre o melhor destino a ser dado à estrutura do recém desativado Aeroporto Internacional Augusto Severo, no município de Parnamirim.

- A proposta do Sebrae/RN é que sejam repassadas à Base Aérea de Natal as áreas do Aeroporto ocupadas pelas pistas de pouso e manobras das aeronaves civis, enquanto os prédios e terrenos que serviam à estação de passageiros (aproximadamente 42 hectares) devem ser destinados à implantação de equipamentos públicos capazes de impulsionar o desenvolvimento socioeconômico da região metropolitana.

- Entre as alternativas defendidas estão a construção de um novo Centro de Convenções, acoplado a um grande shopping center e um museu aeroespacial; ou a transferência para o local da Central de Abastecimento de Natal (Ceasa) e da Estação Rodoviária da Cidade da Esperança.

SPED Fiscal deverá ser enviado à Receita até 15/07 pelas empresas do Simples

- As empresas que faturam até R$ 3,6 milhões por ano e são optantes do Simples Nacional estão obrigadas a enviar à Receita Federal até o dia 15 de julho a Escrituração Fiscal Digital (EFD) dos primeiros seis meses de 2014.

- A nova exigência insere esse grupo de contribuintes à modernização do cumprimento das obrigações acessórias, que passam a ser transmitidas via online por meio Sistema Público de Escrituração Digital (SPED).

- De acordo com o contador e diretor-executivo da Rui Cadete Consultores, Daniel Carvalho, no corrente mês os empresários devem verificar se os seus softwares estão gerando as informações de acordo com o layout disponibilizado pela Receita.

- As empresas que não cumprirem o prazo ficarão sujeitos a multa e autuação fiscal.

Coral, em parceria com Armazém Pará, pintará o Mercado do Alecrim

- O projeto “Tudo de Cor”, desenvolvido no país pelas Tintas Coral, fez mais uma parceria com a rede de lojas do Armazém Pará no Rio Grande do Norte. E a consequência disso será a execução de mais uma atividade voluntária em Natal: a pintura completa do tradicional Mercado do Alecrim, que está planejada e será concluída no próximo mês.

- A equipe técnica da Coral será responsável pelo treinamento de uma equipe de voluntários, formada por pessoas da própria comunidade alecrinense e por pintores profissionais, que cuidarão da pintura.

- Segundo o diretor Comercial do Armazém Pará, Marcantoni Gadelha, o Mercado do Alecrim será o segundo prédio público natalense incluído no projeto “Tudo de Cor”. Antes dele, o Mercado de Petrópolis já havia passado por melhoria semelhante.

Presidente da Abav/RN diz que viajar durante a Copa é mais barato do que se prensa

- A empresária Diassis Rosado, diretora da Harabelo Turismo e presidente da seção potiguar da Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav/RN) anuncia que, em razão das promoções que estão sendo lançadas pelas companhias aéreas, está ficando mais barato do que se imaginava viajar no período da Copa.

n O oferecimento de tarifas promocionais para quem pretenda voar nos meses de junho e julho, segundo ela, está criando ótimas oportunidades para quem pretenda viajar pelo Brasil ou pelo exterior, especialmente para destinos não incluídos no roteiro dos jogos.

Compartilhar: