“Ela sabia que teríamos relação”, diz taxista acusado de estuprar sobrinha

Roberto disse que havia prometido R$ 25 a vítima

Acusado disse que a jovem foi por vontade própria. Foto: Divulgação
Acusado disse que a jovem foi por vontade própria. Foto: Divulgação

O taxista Roberto Santana dos Santos, 34 anos, foi preso acusado de estuprar a sobrinha na Ilha de Itaparica, região metropolitana de Salvador.

Segundo informações da 19 ª DT (Delegacia Territorial/Itaparica), Roberto e a vítima usaram drogas e beberam em um bar antes de consumar o ato sexual.

De acordo com o depoimento da garota, que é sobrinha da esposa de Roberto, ele a levou para Ponta de Areia, arrancou seu short e praticou o estupro.

O acusado contesta a versão da jovem e diz que ele foi por vontade própria.

“Ela já foi sabendo que teríamos relação. Se já era uma hora da manhã, tudo fechado”.

De acordo com Roberto, ele havia prometido R$ 25, caso ela fizesse sexo com ele. Como ele pagou apenas R$ 10, ela resolveu ir à delegacia. O acusado já tem passagem pela polícia por porte de drogas e arma.

Segundo o delegado da 19ª DT, a mãe, tia e a própria vítima foram ouvidas, e as versões convergem para a confirmação do estupro. O acusado está preso à disposição da Justiça.

Fonte: R7

Compartilhar: