Lais Souza conta que voltou a respirar sem ajuda mecânica cantando

Ex-ginasta falou ao 'Fantástico' sobre sua recuperação após sofrer grave acidente

Ex-ginasta afirma que vem se recuperando aos poucos. Foto:Divulgação
Ex-ginasta afirma que vem se recuperando aos poucos. Foto:Divulgação

A atleta Lais Souza, que se machucou com gravidade no dia 27 de janeiro enquanto treinava para os Jogos Olímpicos de Sochi, falou neste domingo ao “Fantástico”, da Rede Globo, sobre sua recuperação.

Lais sofreu um deslocamento da terceira e quarta vértebras enquanto esquiava em Salt Lake City, nos Estados Unidos, ao se chocar, provavelmente, contra uma árvore. O forte impacto esmagou a medula da ex-ginasta, que imediatamente perdeu a sensibilidade do pescoço para baixo.

“Logo depois que eu caí lembro do meu técnico me chamando, chorando, ofegante. Tudo em flashes” – contou Lais.

Sua recuperação surpreendeu aos médicos. Uma pneumonia nos primeiros dias de internação prejudicou ainda mais o quadro da atleta, que poderia ter que usar para sempre um marcapasso no diafragma para respirar. Foi então que a fisioterapeuta Denise Lessio teve a ideia de fazer Lais cantar suas músicas favoritas como exercício. E a brasileira retirou o ventilador em três dias.

“Eu cantei muito!” – revelou Lais, que hoje se alimenta e respira normalmente:

“Como de tudo. Até picanha. E já senti vontade de fazer xixi. Achei que não fosse acontecer”.

Lais segue com a fisioterapia no Hospital da Universidade de Miami, onde está internada, sem saber como será seu futuro. A atleta revelou que por vezes é abatida por uma tristeza, mas garante não perder a esperança em dias melhores.

“Tenho momento de tristeza. Vivo ele, encaro ele, choro pra caramba, e isso me dá energia para voltar. (A tristeza) é a apunhalada que você leva para voltar. Tenho um pouco de medo de futuro. Mas eu penso na solução do problema. O que eu posso fazer para melhorar um pouquinho, o que eu tenho de movimento para mexer um músculo e conseguir um pouco mais, eu faço” – disse a atleta.

Foto:IG

 

Compartilhar:
    Publicidade