Em meio à crise com garis, Eduardo Paes é multado por lixo ao chão

Prefeitura afirma que prefeito 'não se lembra' se jogou resto de comida no chão e que, 'na dúvida', determinou que Comlurb o multe

Vídeo mostra Eduardo Paes jogando lixo no chão. Foto:Divulgação
Vídeo mostra Eduardo Paes jogando lixo no chão. Foto:Divulgação

Responsável pela instalação da fiscalização e multa para quem joga lixo nas ruas do Rio de Janeiro, o prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes (PMDB), se automultou nesta quinta-feira depois que um vídeo que mostra imagens dele atirando restos de alimento foi divulgado na internet.

Em um vídeo publicado nesta quinta-feira no Youtube, Paes come algo enquanto acompanha um discurso do vereador Willian Coelho (PMDB) em Sepetiba, na zona oeste do Rio de Janeiro. Em meio à fala do parlamentar, o prefeito arremessa parte do que comia e, instantes depois, repete o ato com outra parte do que tinha em mãos. O ato de Paes veio à tona em meio à crise gerada pela greve dos garis da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), que deixou pilhas de lixo espalhadas pela cidade em pleno Carnaval.

Desde agosto de 2013, a prefeitura do Rio de Janeiro multa as pessoas que forem flagradas jogando lixo nas ruas. As penalidades variam de R$ 157 a R$ 3 mil, dependendo do tamanho do produto que foi descartado.

Em nota, a prefeitura afirmou que Paes “não joga lixo no chão” e que esse “é, inclusive, um hábito que vem sendo combatido pela prefeitura, durante sua gestão”. Ainda segundo a administração municipal, “o vídeo em questão, efetivamente, não mostra Paes jogando ao chão um pedaço de fruta”.

Apesar de não confirmar se Paes arremessou lixo no chão, a prefeitura afirmou que o “prefeito não se lembra de detalhes do episódio”. “Mas ele acredita que, conforme o próprio vídeo indica, tenha lançado o resto de fruta na direção de uma lixeira mais afastada, ou para que um de seus assessores fizesse o descarte em local adequado. Na dúvida, já que o prefeito não se lembra do ocorrido, determinou que a Comlurb emita uma multa a ele próprio, e pede desculpas por um eventual equívoco.”

Fonte:Terra

Compartilhar: