Em queda livre no Ibope, “Fantástico” deve sofrer nova reforma

Com a queda de audiência do "Fantástico", quem também está sofrendo é o "Domingo Maior"

Criação de novos quadros, troca de apresentadores, reportagens mais curtas e voltadas à comunidade. Nenhuma dessas estratégias parece estar funcionando com o “Fantástico”, a revista eletrônica da Globo aos domingos. Há exatos dez anos consecutivos o ibope do programa só faz cair…

VEJAMOS…

Em 2003, o programa tinha 36,3 pontos de média na Grande São Paulo (cada ponto agora vale por 65 mil domicílios sintonizados). No ano passado, essa média caiu para 19,2 pontos –a menor desde a estreia do programa em 5 de agosto de 1973.

JÁ SE TENTOU DE TUDO

Matérias de comportamento, entrevistas com famosos, concurso de garotas vestidas com sumários biquínis, até matérias inteligentes de saúde com o famoso médico Drauzio Varella –nada parece fazer reagir o ibope do programa. Vale lembrar que, de todas as atrações da Globo que mantém a liderança em audiência, o que mais corre riscos hoje é justamente o “Fantástico” –ora ameaçado quando Silvio Santos está inspirado, ora quando ocorre uma perigosa aproximação do “Domingo Espetacular” (Record), ora perdendo preciosos pontos para os humoristas do “Pânico na Band”.

O programa deve sofrer nova reforma em breve. As propostas de reforma podem incluir novos apresentadores, novos quadros, maior participação do público por meio de votação etc.

MORRENDO ABRAÇADOS

Com a queda de audiência do “Fantástico”, quem também está sofrendo é o “Domingo Maior”. Desde 2003, a sessão de filmes dominical da Globo perdeu mais da metade de seu público. Em 2003 a média era de 19,.2 pontos. No ano passado, baixou para míseros 8 pontos. O “Domingo Maior” não raro chega a ficar em segundo lugar em audiência –atrás do SBT ou da Record.

Renata Vasconcellos e Tadeu Schmidt formam a nova dupla de apresentadores do Fantástico. Foto: João Cotta/Divulgação/TV Globo
Renata Vasconcellos e Tadeu Schmidt formam a nova dupla de apresentadores do Fantástico. Foto: João Cotta/Divulgação/TV Globo

 

Fonte: Folha de SP

Compartilhar: