Em 7 dias, site arrecada 70% do valor da multa estipulada pela Justiça

O texto também sugere que Genoíno foi vítima de um “linchamento midiático” e que fora condenado sem provas pelo STF

Doações já ultrapassam R$ 470 mil e multa deverá ser paga no prazo. Foto:Divulgação
Doações já ultrapassam R$ 470 mil e multa deverá ser paga no prazo. Foto:Divulgação

Lançado há uma semana por familiares e amigos, o site de ajuda ao ex-deputado federal José Genoino, preso condenado pelo processo do mensalão, já arrecadou mais de R$471 mil.

O valor corresponde a 70% do valor R$ 667,5 mil imposto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) como multa pelo arrolamento dele no processo do mensalão.

Segundo os administradores do site, o ex-presidente do PT tem contado com a ajuda de amigos e admiradores de todas as partes do Brasil e até do exterior.

Reprodução da página inicial do site que arrecada fundos para o ex-deputado federal José Genoíno, réu no processo do mensalão. Foto:Divulgação
Reprodução da página inicial do site que arrecada fundos para o ex-deputado federal José Genoíno, réu no processo do mensalão. Foto:Divulgação

Entre as doações ao petista está um quadro do artista plástico Enio Squeff, nascido em Porto Alegre e radicado em São Paulo, que será leiloado para completar a “vaquinha” em favor dos familiares.

De acordo com a legislação brasileira, o petista tem até o dia 20 de janeiro para pagar o valor estipulado na multa, que foi aplicada e cobrada pela Vara de Execuções Penais do Distrito Federal.

Histórico

Genoíno foi condenado a seis anos e onze meses de prisão no processo do mensalão pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa, em regime semi-aberto.

No site criado por amigos e familiares, uma mensagem lembra os 50 anos de militância política do ex-deputado, que foi preso e torturado pela Ditadura Militar e chegou a ser exilado político brasileiro após deflagração de operação da região do Araguaia. “Poucos têm uma história de vida tão comprometida com a justiça social e a liberdade”, diz a mensagem.

O texto também sugere que Genoíno foi vítima de um “linchamento midiático” e que fora condenado sem provas pelo STF.

“Condenado sem provas por um tribunal que se dobrou a um linchamento midiático, Genoino está sendo alvo agora de uma perseguição rancorosa e odiosa. Apesar de seus gravíssimos problemas de saúde, continua a sofrer ameaças e constrangimentos intoleráveis da parte de algumas autoridades”, afirma.

O site http://www.apoiogenoino.com/ ainda traz uma sessão de mensagens para que amigos e parentes que fizeram doações deixem recados para o ex-deputado, que está preso em regime domiciliar em Brasília desde dezembro.

Veja a mensagem completa dos amigos e parentes de José Genoíno:

Reprodução da páginas de mensagens dos amigos para o ex-deputado preso em Brasília. Foto:Divulgação
Reprodução da páginas de mensagens dos amigos para o ex-deputado preso em Brasília. Foto:Divulgação

 

“José Genoino dedicou os quase 50 anos de sua vida pública à militância política. Como líder estudantil, guerrilheiro no Araguaia, preso político durante a ditadura, ativista social, fundador do PT, parlamentar brilhante e dirigente político, sempre esteve ao lado do povo, da democracia e das lutas sociais. Poucos têm uma história de vida tão comprometida com a justiça social e a liberdade. A família de Genoino – Rioco, Miruna, Ronan e Mariana – tem todos os motivos para se orgulhar dele e muitos outros também.

Condenado sem provas por um tribunal que se dobrou a um linchamento midiático, Genoino está sendo alvo agora de uma perseguição rancorosa e odiosa. Apesar de seus gravíssimos problemas de saúde, continua a sofrer ameaças e constrangimentos intoleráveis da parte de algumas autoridades.

Nas últimas horas do dia 7/01/2014, ele foi notificado de que deve pagar uma multa de R$ 667.513,92 até o dia 20/01/2014. Como todos sabem, Genoino não tem patrimônio para arcar com tal despesa.

Os amigos de Genoino, seus companheiros, eleitores e admiradores, os homens e as mulheres de bem não vão deixar. Vamos levantar nos próximos dias o dinheiro para quitar a multa. Cada um contribuirá com o que estiver a seu alcance.

Que fique bem claro que não estamos reconhecendo nenhum fundamento de justiça na multa. Mas não ficaremos parados quando se busca humilhar um homem da estatura moral e política de Genoino. Não recusaremos a oportunidade de responder à maldade com solidariedade, à mesquinhez com altivez, à perseguição com muita luta no coração.

Os que têm a alma ínfima e a vaidade suprema não triunfarão. O Brasil sempre foi –  e continuará sendo – maior do que eles.

Genoino, você não está só. Somos todos Genoino”

 

Fonte:Terra
Compartilhar:
    Publicidade