Embalado com Luxemburgo, Flamengo bate Criciúma e vence 4ª seguida

Argentino Lucas Mugni marcou o único gol da partida

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Vanderlei Luxemburgo parece, mesmo, ter acertado o Flamengo. Neste domingo, em confronto complicado e direto pela parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro, o time carioca mostrou muita inteligência e frieza para fazer dois gols no segundo tempo e vencer o Criciúma, fora de casa, por 2 a 0, afastando-se ainda mais da zona de rebaixamento.

Os tentos rubro-negros foram anotados em um curto intervalo de tempo e por dois jogadores lançados por Luxemburgo no segundo tempo: Lucas Mugni, de pênalti, e Eduardo da Silva, após chute forte de dentro da área. Eles deram a vitória ao Flamengo, que chegou à quarta consecutiva e saltou para a 11ª colocação com 22 pontos. Agora, o time carioca está exatamente a cinco tentos do Criciúma, 17º melhor posicionado e primeiro a integrar a zona da degola.

Na próxima rodada, Criciúma e Flamengo vão a campo no domingo. Às 16h (de Brasília), o time catarinense encara o Sport, na Ilha do Retiro, enquanto a equipe rubro-negra vai a Salvador duelar diante do Vitória. Antes disto, entretanto, ambos têm compromissos em outras competições. O Criciúma pega o São Paulo, quinta-feira, às 20h, pela segunda fase da Copa Sul-americana, enquanto o Flamengo, às 22h de quarta, enfrenta o Coritiba, também fora de casa, mas pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Mesmo atuando fora de casa e diante de um estádio lotado, o Flamengo foi melhor no primeiro tempo da partida deste domingo. Mais organizada, a equipe carioca criou boas chances e por pouco não foi aos vestiários com o 1 a 0 no placar.

Aos 9min, após cruzamento de Canteros pelo lado esquerdo, Marcelo subiu mais alto que a zaga e cabeceou na trave direita de Luiz. Nixon e Léo Moura também tiveram as suas chances, e o lateral direito até acertou o travessão do time catarinense após belo voleio de dentro da área. Os mandantes, por sua vez, pararam nas próprias limitações do meio para frente.

No início da segunda etapa, porém, o Criciúma quase chegou ao gol. Aos 2min, Cleber Santana descolou bom lançamento para Silvinho, que, frente a frente com Paulo Victor, tentou encobri-lo, mas pegou muito forte na bola e mandou por cima do gol. Daí para frente, o Flamengo – já sem mesmo o ritmo do primeiro tempo – diminuiu as investidas ofensivas, e o jogo piorou.

Só voltou a ser movimentado aos 30min, quando João Victor, para evitar gol fácil de Lucas Mugni, acertou carrinho bizarro, cometeu o pênalti e foi expulso. Na cobrança, o argentino demonstrou muita categoria e deslocou o goleiro Luiz, anotando o primeiro gol da partida. Quatro minutos depois, ainda deu tempo de Eduardo da Silva aproveitar sobra na entrada da área e fuzilar para o fundo das redes, garantindo a quarta vitória consecutiva do Flamengo no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA 
CRICIÚMA 0 X 2 FLAMENGO

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 24 de agosto de 2014
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Marcio Eustaquio Santiago (MG) e Fabricio Vilarinho da Silva (GO)
Cartões amarelos: Cléber Santana e Silvinho
Cartões vermelhos: João Victor
Gols: Eduardo da Silva e Lucas Mugni (aos 36 e 32 minutos do segundo tempo)

CRICIÚMA: Luiz; Eduardo, Fábio Ferreira, Gualberto e Bruno Cortez; Rodrigo Souza, João Victor, Cleber Santana e Paulo Baier (Rafael Costa); Silvinho (Serginho) e Souza (Danilo Alves)
Técnico: Wagner Lopes

FLAMENGO: Paulo Vicor; Léo Moura, Marcelo, Wallace e João Paulo; Cárceres, Canteros, Márcio Araújo (Lucas Mugni) e Nixon (Eduardo da Silva); Everton e Arthur (Gabriel)

Fonte: Terra
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Compartilhar:
    Publicidade