Empresário é preso ao tentar estuprar menina de apenas 11 anos

Suspeito foi preso logo após descer do carro e tentar beijar a menina

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um empresário de 41 anos foi preso suspeito de estupro de vulnerável – entre outros crimes envolvendo práticas sexuais com menores de 18 anos – na rua Porfírio de Gaza, no Grajaú, zona sul de São Paulo. A prisão ocorreu na última sexta-feira (27), mas foi divulgada pela Polícia Civil apenas nesta terça-feira.

Segundo a Polícia Civil, o homem foi preso após a denúncia da mãe de uma menina de 11 anos. A jovem estava sendo assediada pelo empresário através de uma rede social.

A polícia afirma que o suspeito estava tentando marcar um encontro com a jovem e chegou a ir próximo à casa dela, onde conversou pessoalmente com a adolescente. A mãe da menina, uma auxiliar de limpeza, foi então ao 85º Distrito Policial (Jardim Mirna) e denunciou o assédio.

Após a denúncia, os policiais orientaram a menina durante uma conversa pela internet com o suspeito. No fim, os dois marcaram um encontro que foi acompanhado por um esquema de segurança para proteger a vítima. Segundo a Polícia Civil, o encontro aconteceu em um supermercado. O empresário foi preso logo após descer do carro e tentar beijar a menina.

Depois de ser detido, o homem admitiu saber que a vítima tinha menos de 18 anos e confessou que guardava em seu escritório um notebook com gravações de cenas de sexo explícito com garotas que tinha conhecido na internet.

Os policiais apreenderam o computador do suspeito, onde foram encontrados diversos arquivos com conteúdo de pornografia infanto-juvenil. Em diversos vídeos, o acusado aparece praticando sexo com garotas menores de 18 anos, algumas delas com aparência de 5 a 8 anos no máximo.

A Polícia Civil afirmou que segue investigando as imagens para identificar outras vítimas.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade