Encolhimento da Del Monte no Baixo Açu compromete futuro da fruticultura irrigada

- A decisão (já sacramentada e anunciada oficialmente ao mercado) do grupo multinacional Del Monte Fresh Produce Co. de desativar…

- A decisão (já sacramentada e anunciada oficialmente ao mercado) do grupo multinacional Del Monte Fresh Produce Co. de desativar as atividades exportadoras de suas fazendas de banana localizadas em municípios do Baixo Açu, representam o mais duro golpe já sofrido pelo único segmento do agronegócio no Rio Grande do Norte que vem dando certo nas últimas décadas: a fruticultura irrigada.

– Entre o RN e o Ceará a Del Monte possui atualmente 6,2 mil empregados, dos quais cerca de 90 por cento serão demitidos com a suspensão das exportações, que se tornaram economicamente inviáveis em razão de dificuldades logísticas locais e das barreiras criadas especialmente no mercado europeu, em razão de acordos comerciais que favorecem lá fora a empresas exportadoras de frutas sediadas em outros países.

– Na região do vale do Açu o grupo de origem norte-americana possui 10 fazendas, nas quais ainda existem 1.450 hectares de bananais irrigados, os quais, até o final de julho próximo, serão reduzidos a apenas 900, cuja produção será inteiramente direcionada para o mercado interno (em especial aos Estados da região Sudeste).

– Ano passado, saíram das terras da Del Monte no RN 3,5 milhões de caixas (de 18 quilos) de banana, das quais 2,1 milhões se destinaram à exportação, o que representou o envio, através do Porto de Natal, de quase 1,2 mil contêineres dessa fruta para o continente europeu. Ou seja: mais de um terço do volume de frutas tropicais embarcadas pelo nosso principal terminal marítimo.

– Lamentavelmente, não se tem conhecimento de qualquer iniciativa da parte dos órgãos públicos estaduais envolvidos com a política de desenvolvimento econômico e com as atividades agrícolas, no sentido de buscar e propor soluções para os problemas que vêm prejudicando e até inviabilizando a expansão da fruticultura irrigada no Estado.

História de sucesso do Pittsburg foi destaque no programa “Sucesso S/A”

– A história de uma pequena lanchonete em Natal que se transformou na maior rede potiguar de fast-food completa em 2014 o seu trigésimo aniversário.

– Exemplo de empreendedorismo de sucesso, o “case” da Pittsburg foi tema de reportagem especial no programa “Sucesso S/A”, da TV Tropical, afiliada da Rede Record no Rio Grande do Norte.

– Atualmente, a Pittsburg possui 15 lojas em vários Estados do Nordeste, em regime de franquia, sendo responsável pela geração de mais de 600 empregos diretos.

– Kleber Carvalho, dirigente da empresa, contou em longa entrevista ao programa que a sua expectativa é continuar investindo na ampliação da rede de franqueados.

– Para o corrente ano está prevista a abertura de mais cinco lojas em Natal, Salvador, Fortaleza e João Pessoa. O vídeo com a entrevista de Kleber está disponível no link http://abre.ai/wUG.

EBCT procura alugar no RN imóveis para instalar Unidades de Distribuição

– A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, através da sua Diretoria Regional do Rio Grande do Norte, está publicando edital nos jornais comunicando seu interesse em alugar grandes imóveis nas cidades de Caicó e Parnamirim que sirvam para a instalação de duas novas Unidades de Distribuição Domiciliária de correspondências e encomendas e de mais um Centro de Logística Integrada no Estado.

– Proprietários interessados em atender à demanda imobiliária da estatal devem solicitar até a próxima terça-feira (dia 25), na Gerência de Atendimento dos Correios (Avenida Hildebrando de Góis, 221, 2º. andar, em Natal) os cadernos de requisitos a serem atendidos pelos imóveis ofertados, que precisam estar com toda documentação em dia.

– Em Parnamirim a EBCT necessita de um prédio tipo galpão (pronto ou a ser edificado) com 2,5 mil metros quadrados de área construída, num terreno de no mínimo 3,6 mil, de modo a assegurar uma área livre de 1.100m2 para estacionamento e manobras de veículos, de preferência localizado nos bairros de Emaús e Parque de Exposições, a menos de 600 metros de distância da rodovia BR-101.

– Em Caicó a exigência é mais modesta: os Correios buscam um prédio (também pronto ou a construir), com mais de 420 metros quadrados de área livre, no centro da cidade ou nos bairros Acampamento ou Paraíba.

Senai/RN abre inscrições para curso Técnico em Edificações

– O Centro de Educação e Tecnologias em Construção Civil Rosária Carriço, mantido pelo Senai-RN em Natal, está com inscrições abertas até esta sexta-feira (21) para o curso Técnico em Edificações, que será oferecido gratuitamente através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico em Emprego (Pronatec).

– Os interessados devem se inscrever através dos sites do Sisutec e do Pronatec, nos seguintes links: http://pronatec.mec.gov.br/ e http://sisutec.mec.gov.br/.

– Maiores informações podem ser obtidas pelos telefones 3208-1450 e 3208-1461.

Sebrae/RN terá mais uma “Semana do Micro Empreendedor Individual”

– O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte realizará em Natal, no período de 31 de março a 5 de abril, mais uma “Semana do Microempreendedor Individual (MEI)”, desta feita esperando fazer cerca de 6 mil atendimentos.

– Estima-se que cerca de 10 por cento desses atendimentos serão com a finalidade de promover a saída da informalidade das pessoas atendidas.

– A mobilização acontecerá simultaneamente em todo o país e visa estimular o desenvolvimento dos negócios de quem está enquadrado nessa categoria jurídica e também trazer os profissionais autônomos para a formalidade com a abertura de empresas.

– No Rio Grande do Norte, haverá ainda, dentro do período, programação gratuita em diversas cidades do interior, onde serão montadas tendas em pontos estratégicos para atender melhor ao público alvo da ação.

– Em Natal, a mobilização acontecerá na Praça Gentil Ferreira, bairro do Alecrim, onde será montada uma tenda para formalização, orientações, palestras e cursos rápidos de capacitação (módulos das oficinas “SEI Vender”, “SEI Comprar”, “SEI Planejar” e “SEI Controlar Meu Dinheiro”).

– Haverá também palestras sobre crédito em que os microempreendedores poderão tirar dúvidas com os principais agentes financeiros acerca de linhas de financiamentos, taxas de juros e projetos.

Compartilhar:
    Publicidade